Archive | Video

videos do julgamento

Quem eram os assassinos?

Guilherme de Pádua Thomaz chegou ao Rio com uma carteira de ator fornecida pelo sindicato de Belo Horizonte. Antes de entrar em De Corpo e Alma tinha feito aparições menores em outras novelas da emissora e, na época, trabalhava também no teatro, na peça Blue Jeans.  Foi escolhido para o papel pelo diretor Roberto Talma […]

44

As muitas versões de Guilherme de Pádua – Confissão

O assassino contou muitas versões. Conduzido à delegacia, negou o crime durante 7 horas, e tentou corromper o delegado, propondo que considerasse o caso não como assassinato, mas como assalto seguido de morte. Confessou, então,  que havia levado  a bolsa de Daniella para simular assalto. Vale lembrar que a bolsa e os dólares que estavam […]

42

Mais dissimulação: as roupas

Assim como adulteraram a placa do carro para o cometimento do crime, Guilherme de Pádua e Paula Thomaz também tentaram enganar a perícia, quando as roupas que usaram para cometer o assassinato foram solicitadas. As de Paula Thomaz, então, nem chegaram lá!   Foi a fotografia tirada com as crianças na saída da Tycon que […]

10

Paula: a cínica Alice no país da impunidade

Tendo admitido para os policiais o seu envolvimento no crime, é levada para a delegacia, em companhia da mãe e de uma amiga. Vai simulando estar prestes a abortar. Em razão disso, os policiais pararam o carro que as conduzia no páteo ao lado da delegacia, evitando expo-la à multidão que se aglomerava ali, gritando […]

16

Porque a polícia falou de magia negra?

Essas desconfianças não surgiram do nada. As ligações de Guilherme de Pádua e Paula Thomaz com a magia eram bem conhecidas, e deixaram rastro na maneira como o crime foi cometido. Isso não tem nada a ver com a motivação, só diz respeito à forma ritualística como executaram o assassinato. Os  indícios impressionaram peritos e policiais, […]

112

Hugo da Silveira – a testemunha chave

Não fosse Hugo da Silveira, é bem possível que nunca tivéssemos chegado aos assassinos de Daniella: a capacidade de dissimulação dos criminosos, a determinação deles em escapar da punição, a ausencia de remorso e  culpa, características de suas personalidades de psicopatas, com certeza teriam permitido que continuassem a conviver conosco, “irmanados à nossa dor”, como […]

24

O roubo das bolsas: aliança e dólares

  Daniella costumava andar, no dia a dia, com duas bolsas, e estava com elas no momento em que foi emboscada e morta. Como as bolsas não foram encontradas, chegamos a pensar, num primeiro momento, que ela tivesse sido assaltada, morta e atirada naquele matagal. Ela havia almoçado comigo, e saiu lá de casa com […]

59

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes