Quem são eles?

O psicopata é como o gato, que não pensa no que o rato sente. Ele só pensa em comida. A vantagem do rato sobre as vítimas do psicopata é que ele sempre sabe quem é o gato.

(Robert Hare)

Aqui serão postados artigos e crônicas, de especialistas no assunto, sobre a personalidade do psicopata.

O primeiro engano a desfazer é diferencia-los dos loucos: psicopata não é psicótico! psicótico delira, ouve vozes de comando, perde a vinculação com o real e, se comete um crime, não o premedita nem dissimula depois

O psicopata, ao contrário, sabe muito bem o que está fazendo! quando transgride as regras sociais e as leis, o faz com absoluta lucidez, encorajado pela certeza de que é mais esperto que os outros.

Trocando em mais miúdos ainda: o louco é aquele que se afoga na emoção. Está mergulhado de tal maneira nos próprios sentimentos, que perde a noção de si próprio. O psicopata é o extremo inverso: é incapaz de sentir emoções -ele as simula, apenas. São, como diz Ana Beatriz Barbosa, os “atores da vida real”. Nascem assim, com essa deficiência, com esse erro de fabricação. A área do cérebro humano que nos permite sentir empatia com o resto da humanidade, neles não funciona. Em consequencia, não sentem remorso nem sentimento de culpa.

Mas não trazem letreiros: pelo contrário, parecem tão comuns, tão iguais a todo mundo, que há sempre muita surpresa dos vizinhos e conhecidos próximos, quando são flagrados. O perigo está nisso. Sabe-se que a maioria deles não comete crimes de sangue, ainda que vivam de espalhar sofrimentos e promover devastações nas vidas em volta.

É a resistencia das pessoas de acreditar na maldade humana que as deixa tão vulneráveis a esses predadores. Querem ver?

Vamos ao extremo: o serial killer é o grau mais avançado da personalidade psicopática. Aqui estão alguns dos mais crueis de toda a história criminal. Garanto que, à primeira vista, você não teria medo de nenhum! Cada um deles matou dezenas de pessoas com requintes de perversidade. E quando tiveram a identidade revelada, deixaram os mais próximos boquiabertos! tinham uma vida que parecia tão transparente! Ted Bundy, o bonitão, penúltimo à direita, prestava até serviços voluntários num centro de atendimento, desencorajando pessoas que estavam prestes a cometer suicídio!

As declarações de Ted Bundy ilustram bem o distanciamento do psicopata, a falta de conexão com os sentimentos e com os semelhantes, e a consciencia de que precisam parecer “gente como a gente” para poder atuar:

Nós, seriais killers, somos seus filhos, somos seus maridos, nos estamos em toda parte. E haverá mais uma de suas crianças mortas no dia de amanhã.

Veja com que leveza ele fala dos crimes que cometeu:

Nao, eu nao tive nenhuma misericórdia por nenhuma delas. Também nao sinto nenhum remorso… eu sei, fiz muita coisa errada, mas ainda assim eu sou humano. Cortei a cabeça de uma delas com uma serra e levei para meu apartamento, sei… mas há muito mais em mim do que esse cara que andou fazendo loucuras por aí…

Assassinato não é só um crime de luxúria e violencia, Mas sim possessão, as vítimas são parte de você… você sente a última respiração deixando seus corpos… e você olha nos olhos. Uma pessoa nessa situação é Deus

Henry Lee Lucas resume tudo:

Se eu quizesse uma vitima, simplesmente pegaria uma. Nunca considerei uma pessoa um ser humano!

Esses estão falando de assassinato. Como dissemos, a maioria dos psicopatas não tem a compulsão de matar que move os seriais killers. Mas enxergam as outras pessoas exatamente como eles enxergam: como coisas, meios de atingir algum objetivo. E nesse terreno vale tudo: até assassinato!

Leia a entrevista completa do dr Robert Hare

Um Blog sobre Psicopatas

Compartilhe
Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Email this to someone

78 Responses to Quem são eles?

  1. lilia 18/11/2012 at 8:29 pm #

    A serial killer is traditionally defined as an individual who has killed three or more people[1][2] over a period of more than a month, with down time (a “cooling off period”) between the murders, and whose motivation for killing is usually based on psychological gratification.[3][4] Some sources, such as the FBI, disregard the “three or more” criteria and define the term as “a series of two or more murders, committed as separate events, usually, but not always, by one offender acting alone” or, including the vital characteristics, a minimum of two murders.[4][5] Often, a sexual element is involved in the killings, but the FBI states that motives for serial murder include “anger, thrill, financial gain, and attention seeking”.[5] The murders may have been attempted or completed in a similar fashion and the victims may have had something in common; for example, occupation, race, appearance, sex, or age group.[6]
    Serial killers are not the same as mass murderers, nor are they spree killers, who commit murders in two or more locations with virtually no break in between; however, cases of extended bouts of sequential killings over periods of weeks or months with no apparent “cooling off” period or “return to normalcy” have caused some serial killer experts to suggest a hybrid category of “spree-serial killer

    I am a mental disorder,’m espercialista safety and protection, high Coefficient, was stolen, lost everything, more suffering, part of my pre adolecencia.aqui justiça.ele not have killed others and make other victims, but search is undergone … childhood, family, religious, political, remove the child from college, she married very fast and full of money … ugly like that, where was her current husband, esther rangel, yard of Padua, earned a doctorate in jail , is pastor and does not act alone, is a hefty, justice of the river, not the best, “break the legs” financially and publicly expose outside Brazil, take Italian citizenship this year, along with the whole family! kisses

  2. paolo 28/10/2012 at 2:58 am #

    e agora aquele falso profeta vem flar de deus…vai queimar no marmore do inferno!!!gdp!

  3. Palewa 20/08/2011 at 10:07 pm #

    O psicopata é alguem que nasce mal. Para quem acredita em Deus, gostaria que perguntassem a ele pq ele cria pessoas ruins de nascença e espalha pelo mundo? E pq a psicopatia ainda nao tem cura nem tratamento? Vamos ser vitimizados por essas criaturas frias até quando?

  4. Paula 11/08/2011 at 6:10 am #

    Sei bem , morei com um por 7 anos , sofri horrorres até que tentou me matar. hj vivo escondida com medo e ele livre leve e solto.Justiça somente a de DEUS.

  5. Janaina Rosa 29/06/2011 at 5:03 pm #

    Eu não tenho duvida nenhuma que o Guilherme de Padua é um psicopata.Vi na Internet um video dele narrando para a igreja lotada sua vida no carcere, e como “Jesus ” mudou a vida dele e bla bla bla, em momento nenhum ele pede perdão pelo seu crime, ele trata a morte da dani como um erro de quem roubou uma mantega no mercado,é chocante ver ele falar !Ele fala o tempo todo dele dele e dele , quando o certo seria ele pedir perdão diante dos fieis ,Ele nem seuqe sita o que ele fez , ele simplesmente faz um um show de sinismo,.Revoltante .

  6. Eduardo M. Sá 22/04/2011 at 4:17 pm #

    Outro fator muito importante é de que os psicopatas, por mais que em algumas vezes pareçam que amam alguém, é pura ilusão, muitas vezes alguém com psicopatia, pode parecer amar demais, por ter ciúmes, obessão, mas isso nada mais é do que sentimento de posse, tudo para o psicopata é dele, tem que ser dele, não suporta ser rejeitado, não suporta ser abandonado, isso os instiga ainda mais a querer dominar aquela pessoa, e querem ter aquele ser como um objeto dele e somente dele, e/ou, como algo que o leve a alcançar um determinado objetivo.
    O psicopata ‘ama’ uma pessoa, da mesma forma que pode ‘amar’ uma TV de plasma nova que ele comprou, com a diferença é de que a TV é inanimada, mas o as pessoas, eles precisam agir para manipular.
    Por isso é preciso sempre estar atento com quem está ao nosso lado e ainda mais com quem dividimos a nossa vida.

    Outro abraço.

  7. Eduardo M. Sá 22/04/2011 at 4:01 pm #

    Como psiquiatra digo que a psicopatia é um dos maiores desafios dentro da ciência da psicologia e psiquiatria, pois os psicopatas não se interessam em se tratar, simplesmente porque não se sentem necessitados disso. Ele faz os outros sofrerem, mas eles não sofrem, se consideram seres especiais por ‘encararem a vida de outra maneira’. Geralmente a família e pessoas ligadas é quem tentar buscar alguma ajuda e sempre essas pessoas são quem saem ‘danificadas’. Alguém que se considera superior aos demais, jamais irá querer mudar isso. Já conheci os mais diversos tipos de psicopatia, algumas difíceis de se reconhecer.
    Quando uma pessoa faz julgamentos morais, ativam-se as áreas pré-frontais responsável pelos aspectos cognitivos, o hipotálamo, relativo as emoções primárias e o lobo frontal, onde funcionam as emoções morais. Porém no psicopata, é nulo(ou quase nulo, em um grau baixíssimo, não influenciando em mudança de seu comportamento), a ativação das áreas relacionadas as emoções primárias, quanto às morais, porém em áreas pré-frontais a ativação é intensa. Causando assim aquele termo de que o psicopata é pura razão.

    Grande abraço.

  8. Frederico Torres 19/04/2011 at 6:26 pm #

    Não é ‘atirados’ e sim, atirador, perdoe.

  9. Frederico Torres 19/04/2011 at 6:25 pm #

    Tentam arrumar por aí “n” motivos pra justificar a atrocidade que esse atirados das crianças em Realengo fez, que ele foi rejeitado e sofreu bullying. Nada disso a meu ver explica ou justifica, a Margot, que postou por aqui, me indicou o blog, na verdade eu estava para visitar o blog a tempos, deixei o e-mail com o endereço do blog salvo tem um tempão, pq pretendia um dia visitar este espaço , um hábito que tenho quando recebo indicações de sites que me interessam. Eu mesmo já sofri bullying por ser tido como “nerd”, não o biotipo de nerd, mas por ser o melhor em notas, elogiado pelos professores, eu era alvo de alguns outros alunos na época da escola, no primário, a Margot e eu até conversamos, ela tb sofreu bullying por ser bem magra na época da escola, teve separação dos pais, a pedofilia que está citado por ela aqui e muitas pressões psicológicas…
    Enfim, pra mim tudo é desculpa quando alguém que é simplesmente mau e quer fazer uma barbaridade como esta de Realengo, como a morte de Daniella e por aí vai.

  10. Irene Ribeiro 15/04/2011 at 3:12 pm #

    Putz, se essa “moda” pega aqui no Brasil… não faltava mais nada pro PAÍS DA IMPUNIDADE.

  11. Palewa Merçon 12/04/2011 at 8:36 pm #

    A tragédia de Realengo foi chocante sim, e mais uma vez inocentes pagaram o pato sem motivo. E curiosamente a carta do cara citava só Deus. Sempre vejo cristãos acusando somente ateus de serem maus. Mas nunca vi um ateu fazer uma barbaridade dessas ou cometer um atentado deixando cartinha para dizer que fez isso pq não acredita em Deus. Essas coisas sempre envolvem alguma religião e não o ateísmo. Tsc tsc…
    Esse atirador era um psicopata, fanático, frustrado com ele mesmo que queria notoriedade. Precisava de um ato espetaculoso para não ser esquecido jamais, mesmo após a morte dele. E conseguiu cumprir a “missão” dele direitinho, pq vai ser difícil esquecer esse massacre em Realengo. Falar que esse cretino era esquizofrenico não tem nada a ver, era um psicopata; pois ele foi frio, ria enquanto atirava nas crianças, premeditou tudo antes, foi dissimulado, e só se matou para não ser preso ou morto pela polícia, queria ficar impune pelo que fez e só a morte o livraria de pagar… e conseguiu o principal: ganhar as manchetes! Isso é o que ele mais buscava. Espero agora que outros, com transtornos semelhantes, não se sintam compelidos a ganhar a mesma notoriedade e pelos mesmos meios…

  12. Kelly Cristina Leal 12/04/2011 at 5:19 pm #

    Mas pelo que já li, vi e pesquisei, a maioria dos especialistas o classificam de psicopata e acho que vou embasar meu trabalho nisso. Louco eu não acredito que seja, ele foi cruel, não teve píedade das crianças que imploravam pra viver. É que existem psicopatas de diferentes tipos e níveis.
    O psicopata quando entra em uma “neura”, um “surto”, aí “acabou”, coitado de quem estiver perto ou de quem ele achar que está contra ele ou pode estar contra, foi o que aconteceu com a Daniella, seu assassino entrou numa neurose de que ela poderia destruir sua carreira, daí pronto, foi lá e fez, não se importou com a vida dela, com a crueldade, não teve pena. Esses tipos são desumanos.

  13. Kelly Cristina Leal 12/04/2011 at 5:05 pm #

    Irene, pois é, lá na faculdade (psicologia), estamos debatendo muito sobre o crime e agora temos que fazer um trabalho emcima desse tema, conforme as notícias sobre o crime e seu executor, saídas da imprensa.
    Há controvérsias, uns dizem que era psicopata, mas muitos sustentam que um psicopata dificilmente se suicidaria. Era um fanático com exacerbação de atitudes que o faziam oscilar seus pontos de vista de forma irracional. Há ainda quem diga que ele era esquizofrênico. Vou ter que fazer um trabalho emcima disso e estou tentando pegar o máximo de informações possíveis sobre ele e o caso. Foi chocante, um absurdo, as coitadinhas das crianças lá, estudando, numa boa, nunca imaginariam o que poderia acontecer.

  14. Irene Ribeiro 12/04/2011 at 4:20 pm #

    Corrigindo:
    *Gente eu não consigo parar de pensar nessa tragédia.

  15. Irene Ribeiro 12/04/2011 at 4:18 pm #

    Os psicopatas deixam marcas irreversíveis, mesmo que não mate. Eu tenho acompanhado quando posso “Insensato Coração”, nem sempre posso pois às vezes trabalho a noite ou integral e a loja fecha tarde, mas sempre que posso vejo pq o personagem Léo é um psicopata típico e bem feito, muito bem retratado pelo Gilberto Braga e o Gabriel Braga é um excelente ator tb (sou fã dele). Ele tem um perfil parecido com o da Yvonne de “Caminho das Índias”. Usa de golpes para tirar dinheiro, ilude com juras de amor, se faz de cordeirinho. Ele matou,. a Yvonne não, mas bem que tentou matar o indiano que eu esqueçi o nome (André Gonçalves).
    Gente eu não consigo não parar de pensar nessa tragédia de Realengo, e eu posso tá sendo ignorante mas eu acredito que esse cara que executou isso seja um psicopata, ele era todo fanático e parecia um estilo de “Bin Laden”, queria atentar contra o Cristo Redentor.
    Pode até ser um caso isolado no Brasil em crimes desse gênero, mas eu não consigo não pensar na agonia e desespero dessas crianças, coitadas, perderam um futuro, uma vida pela frente, à toa, simplesmente por nada. Eu chorei tanto com os noticiários, isso mexeu bastante comigo.
    Sinceramente eu não queria que esse cara tivesse morrido e sim, estado bem vivo pra sofrer, ao menos, a hostilidade da população.

    Abraços a todos.

  16. Palewa Merçon 06/04/2011 at 3:04 pm #

    Rosane, sei bem como se sente… se quiser conversar:

    MSN: palewatmm@hotmail.com
    Mail: palewatayssa@yahoo.com.br

  17. Eduardo M. Sá 28/03/2011 at 9:14 pm #

    Sabe, creio que todo bom profissional esteja sempre estudando e aprendendo, com a psiquiatria não é diferente, eu ao menos tento aprender sempre e ainda consigo me surpreender algumas vezes.
    A psicopatia é um dos grandes desafios que há, ele não têm cura nem aceitam tratamento, simplesmente pq não se sentem precisados de ajuda.
    Antes e mesmo após me tornar psiquiatra, estudei casos diversos, entre eles, o do caso Daniella Perez, o perfil psicológico dos algozes, e apesar de tudo, ainda me horrorizo com os detalhes macabros do assassinato.
    Agora desde o início não tive dúvidas de que o mentor era o Guilherme.
    Glória, admiro-te muito mesmo, és uma das figuras que mais admiro.

    Forte abraço.

  18. Rosane Freitas 26/03/2011 at 4:33 pm #

    Glória, se puder me ajudar me ajude, por favor.
    No final do ano passado descobri que estava convivendo lado a lado com uma psicopata, corri sérios riscos com a proximidade que ela forjou ao se aproximar de mim.
    Ainda hj estou traumatizada, mas aprendi a lição, temos que ter cuidado redobrado com quem tem pele de ovelha muito evidente.
    Ainda não me recuperei, mas vou me recuperar, só que na recuperação dela eu não acredito e isso mexeu com parte da minha fé, antes acreditava que todos podíamos mudar…
    Ela me roubou parte da esperança que eu tinha por um mundo melhor.

  19. Kelly Cristina Leal 17/03/2011 at 7:33 pm #

    A capacidade do psicopata em parecer tão “bonzinho, educado, gentil, inofensivo costuma ser bastante convincente e ao serem desconbertos, a habilidade em inverter os papéis é incrível e muitas vezes, crível tb. São verdadeiros camaleões.

  20. Palewa Merçon 09/02/2011 at 3:30 am #

    Megg, postei sobre o assassino no meu blog:

    http://palewa.blogspot.com/2011/02/guilherme-de-padua.html

    Abraço.

  21. Megg 09/02/2011 at 3:10 am #

    Ja li bastante psicopatas mas esse põnto por mais q eu lesse era algo que eu tinha duvida mesmo,não ficava claro pra mim eu adoro saber mais e mais.obrigada Palewa,agora saquei,vc explicou Bem.abraços.

  22. Palewa Merçon 08/02/2011 at 11:32 pm #

    Se os psicopatas fazem algo de errado, tá tudo certo Megg; mas se vc errar, logo eles apontarão o dedão deles para vc, e detalhe: dedo sujo. Vão te julgar horrores. Mostrarão ao mundo que vc também não é tão boazinha quanto parecia…
    De certa forma, como se julgam superiores, eles acham que são os únicos “francos e honestos” no mundo. Se julgam “verdadeiros” numa sociedade de falsos. Pois, todos nós temos defeitos, lado bom e mal, erramos, etc. E isso é o suficiente para os psicopatas nos comparar a eles, mesmo sabedores que eles são muito piores. Entendeu agora? Adoram ter como vítimas pessoas de caráter forte, pois se eles levarem tais pessoas a errar, então tá provado que ninguém vale nada nesse mundo, que nenhum de nós tem moral para julgá-los. O espelho deles não é capaz de mostrá-los como eles tem alma fria e o quanto a diferença entre eles e nós são enormes. Nem de longe nossa “maldade” pode ser comparada as deles, mas eles não querem saber… para eles ou somos absolutamente perfeitos e incorruptíveis, ou somos tão cretinos quanto eles.

  23. Palewa Merçon 08/02/2011 at 11:20 pm #

    Outra coisa Megg, os psicopatas adoram dar uma de dignidade ofendida se vc reagir. Aí que começam a inverter os papéis e se fazem de vítimas. Eles sempre impõem padrões morais aos outros que eles próprios não respeitam. São hipócritas, os tais falsos moralistas. É bem isso: eles podem, vc não!

  24. Palewa Merçon 08/02/2011 at 11:17 pm #

    Não se engane, Megg. Não se deixe confundir e manipular. Os psicopatas são teatrais. Eles sabem muito bem o que é certo e errado Megg, mas quando erram pouco se importam com o mal que causam. Para eles, a maneira de ser deles é superior à nossa e mais correta de acordo com os interesses pessoais deles. Estão apenas lutando pelo que querem, mesmo que precise passar por cima de tudo e de todos; como não sentem emoções genuínas, não se colocam no lugar de suas vítimas.
    Eles culpam os outros pq são cínicos, adoram se fazer de vítima quando pegos. São covardes, cínicos e mentirosos. Também o fazem pq sabe que isso magoará ainda mais; ou seja, vc foi a vítima sem merecer e ainda será culpada de tudo. Vc aceitaria acusações injustas com um sorriso na cara? Com certeza, vc ficaria muito mais revoltada. Psicopatas são perversos e repugnantes demais. Pessoas assim só poderiam negar a culpa até a morte, seja para tentar se livrar da punição, seja para magoar ainda mais ou para se divertir, não é? Vc espera algum bom senso de criaturas com desvio de caráter, por acaso? Não vejo nada de estranho e confuso nisso, as pessoas que não entendem como vc é pq estranham a psicologia deles, que é muito diferente da nossa. É muito difícil aceitar que existem pessoas 100% más, incapazes de sentir remorso e de aprender com punição. É assustador! Não podem ser considerados seres humanos.

  25. Megg 08/02/2011 at 8:23 pm #

    Uma coisa que eu não entendo nos psicopatas, eles erram erram e culpam os outros, por exemplo, se matam alguém é pq aquele alguém fez por onde ser assassinado, se julgam certos, mas eles muitas vezes agem como se soubessem que o que fizeram foi errado, ou seja, eles tem consciencia de que estão errados, mas ao mesmo tempo culpam o outro e o colocam como errado, isso é confuso.

  26. Tony Souza 14/01/2011 at 12:26 pm #

    Quem são eles?

    Um monte de lixo.

  27. Eduardo M. Sá 14/01/2011 at 6:36 am #

    Como psiquiatra digo: confiem na intuição quando perceberem algo de errado com alguém, observem, investiguem, a nossa intuição dificilmente falha, o problema é que nem sempre a levamos a sério. Excesso de cuidado nunca é demais.

    No mais, este blog é excelente, parabéns Glória Perez, pelas explicações detalhadas e simples sobre psicopatia. Repito que é um blog de grande utilidade pública.

    Abraço.

Leave a Reply

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes