Archive | Testemunhas

Depoimentos

A prisão de Paula Thomaz (Paula Nogueira Peixoto)

Depois que Guilherme de Pádua ventilou sua participação na delegacia, através do telefonema, o delegado mandou policiais à casa de Paula Thomaz. Lá encontraram sua mãe, d. Aparecida, uma vizinha, e um homem que, segundo a mãe, a teria feito dormir através de rezas. D. Aparecida tentou evitar de todas as maneiras que a polícia […]

11

Arthur Lavigne e a “inocencia”de Paula Thomaz

Em juízo, Paula Thomaz negou a confissão feita anteriormente a delegados e policiais: naquele dia tinha ficado 8 horas dentro do barrashopping, esperando Guilherme de Pádua terminar de gravar para ir busca-la. Não fez nenhuma compra, não apresentou nenhuma comprovação que sustentasse o álibi. Também disse que não perguntou nada ao marido quando este foi […]

4

Quem eram os assassinos?

Guilherme de Pádua Thomaz chegou ao Rio com uma carteira de ator fornecida pelo sindicato de Belo Horizonte. Antes de entrar em De Corpo e Alma tinha feito aparições menores em outras novelas da emissora e, na época, trabalhava também no teatro, na peça Blue Jeans.  Foi escolhido para o papel pelo diretor Roberto Talma […]

44

Comportamento na Prisão-Paula Thomaz

Presa e encaminhada para a delegacia da Polinter, em Niteroi, as mordomias concedidas a Paula Thomaz despertaram a ira das outras presidiárias e de seus familiares, que escreveram cartas de protesto para a imprensa e até diretamente para mim: envelope pag 1 pag2 Meses depois, quando do nascimento do filho, em decisão chocante, uma juiza […]

39

Comportamento na Prisão – Guilherme de Pádua

A exemplo da cúmplice, Guilherme de Pádua protagonizou, na cadeia, escândalos e tumultos. A ponto de  ter sido transferido da 16a DP, para que se restabelecesse a ordem na delegacia, depois das denúncias de um companheiro de cela, que o acusou de participação na tentativa de fuga empreendida pelos presos e, inclusive, de ameaça-lo de […]

15

As muitas versões de Guilherme de Pádua – Confissão

O assassino contou muitas versões. Conduzido à delegacia, negou o crime durante 7 horas, e tentou corromper o delegado, propondo que considerasse o caso não como assassinato, mas como assalto seguido de morte. Confessou, então,  que havia levado  a bolsa de Daniella para simular assalto. Vale lembrar que a bolsa e os dólares que estavam […]

40

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes