Porque a polícia falou de magia negra?

Essas desconfianças não surgiram do nada. As ligações de Guilherme de Pádua e Paula Thomaz com a magia eram bem conhecidas, e deixaram rastro na maneira como o crime foi cometido. Isso não tem nada a ver com a motivação, só diz respeito à forma ritualística como executaram o assassinato. Os  indícios impressionaram peritos e policiais, e ganharam as manchetes do noticiário.  O policial Jamil Warwar, que ficou conhecido por elucidar o caso Claudia Lessin Rodrigues, também se manifestou.

Vamos aos indicios apontados:

1. o local: Daniella foi encontrada dentro de um círculo queimado: no interior do círculo a queimada era mais antiga, nas bordas, era recente.

2.ao pé de uma árvore: segundo os especialistas, todo sacrifício humano acontece ao pé de uma árvore. O tronco dessa árvore também estava manchado com a mesma substância, assim como alguns sacos de ensacar laranjas, também encharcados dela.

3. na última segunda feira do ano, em noite de lua nova.(a lua dos sacrifícios)

4. Na palma da mão direita havia uma mancha avermelhada, que a perícia não conseguiu detectar que substância era, mas descarta a possibilidade de qualquer substância conhecida (vol 1 pag 159, vol 2 pag 366)

5. o laudo pericial diz que a causa mortis foi anemia aguda (perda de sangue). No entanto, não havia uma única gota de sangue no local, e o sangue que Antonio Claret lavou dentro do carro dos assassinos não era em quantidade suficiente para justificar isso. É verdade que eles estancaram o sangue com um lençol. Uma jornalista do jornal O Dia  ouviu do porteiro do prédio deles, que  haviam jogado no lixo um lençol cheio de sangue. Publicou, inclusive, a reportagem.

6-a arma do crime foi um punhal, arma utilizada em sacrifícios dessa natureza

7-o primeiro golpe atravessou a traqueia: segundo especialistas, em todo sacrifício, o primeiro golpe atravessa a traqueia

8-os outros golpes foram dados formando um círculo em torno do coração

A esses elementos, somou-se a conhecida ligação de Guilherme de Pádua e Paula Thomaz com cultos e rituais de magia Apesar de se declarar "espírita" quando de sua identificação na polícia (vol 1 pag 26), o comportamento do casal não corresponde em nada a esta religião, nem a nenhuma outra conhecida.

Dona Hannerole Haupt, a síndica do prédio deles, conta:

 

A revista ASTRAL de dezembro de 1992, nas bancas à época do crime, traz uma entrevista com Guilherme de Pádua, onde ele diz que seu tempo é sua casa, sua religião é sua mulher. E que tem um mentor espiritual a quem chamava Francisco:

Ele  é de Minas também, do interior de Minas, mas mora aqui no Rio, perto. Então eu vou com a Paula, a gente vai e conversa com ele horas, e ele é uma pessoa que fala coisas assim, por exemplo, ele tem ensinamentos (...) levo um feijão, sabe, umas coisas que ele gosta, às vezes trago de Minas. É uma pessoa maravilhosa. É o meu melhor amigo

Estranhamente, o melhor amigo não apareceu durante o processo inteiro.

Em depoimento constante no processo, o policial Valdir, que fez parte da equipe de policiais que conduziu Paula Thomaz para a delegacia, conta que, ao chegar, tentaram impedir que os policiais falassem com Paula a pretexto de que "estava dormindo". Estava presente um homem que se apresentou como pastor da Igreja Mística, e a teria feito dormir "sob rezas".  Este pastor, conta o policial, relatou a ele:

que no entender dele, o casamento do casal, PAULA e GUILHERME, não duraria seis meses tendo em vista que o local era um centro de espíritos maus

Havia a imagem, com a "forma" de um preto velho, que ficava no quarto do casal, onde era alimentada. Vocês dirão: mas o preto velho não é uma entidade de magia negra. Não, não é. Mas eu fui à loja onde Guilherme de Pádua afirmou que teria comprado o preto velho, ali numa galeria do posto 6, e  fiquei sabendo: realmente ele esteve lá para escolher a forma da imagem, mas não a comprou. Perguntou onde ela era fabricada, queria a sua sob encomenda, porque precisava colocar determinado conteúdo em seu interior. O dono da loja indicou o fabricante, no mercadão de Madureira. E lá ele fez a encomenda.

O que a perícia encontrou dentro dessa imagem não tem absolutamente nada a ver com o preto velho da umbanda. Veja o laudo (pag 1 e pag 2_) De acordo com o dono da loja a que já me referi, muitos adeptos de magia utilizam até a imagem de cristo para disfarçar seus cultos. O que importa, ele me disse: é o conteúdo, o que a imagem traz dentro dela. O exterior é disfarce.

Quando Guilherme de Pádua atuava, a imagem ia ao teatro dentro de uma sacola levada por Paula Thomaz. E era retirada, para assistir o espetáculo, causando constrangimento e medo aos atores, no palco e nos camarins. Ela confirma o fato em depoimento ao Juiz (Sumário de culpa, vol 2, pag 300)

Vejam o depoimento de Mauricio Mattar na Justiça:

A empregada Luzinete diz em depoimento que a imagem ficava no quarto do  casal, e que ali depositavam comida, acendiam velas e faziam outras práticas; que viu o casal saindo com a imagem numa bolsa, que Guilherme colocou a imagem na bolsa (vol 2)

Essa imagem foi quebrada pela mãe de Guilherme de Pádua. Consta do processo que, ao saber que a polícia estava à caminho da casa, ela atirou a imagem no chão dizendo "isso vai prejudicar Guilherme ainda mais"!

O estranho comportamento de  Guilherme de Pádua no fim de semana que anteceu o crime, foi registrados numa reportagem do SBT

Havia um pacto entre o casal de assassinos, selado, inclusive, com a tatuagem nos órgãos genitais de um e outro. O tatuador Helio Tatoo,  prestou depoimento e mostrou-se impressionado com a frieza de Paula Thomaz: fez a tatuagem na região crural, dentro da virilha, sem anestesia.

A cor dos dois era vermelha e branca.Ambos usavam fitas vermelho e brancas presas no corpo.  Guilherme de Pádua causava transtorno na hora de se trocar no camarim: segundo relato das camareiras, ninguém podia tocar nas fitas, e que era preciso esconde-las para as gravações. O ginecologista de Paula Thomaz, dr Fernando Pedrosa, também se referiu a essas fitas.

Os assassinos casaram vestidos de vermelho e branco, e a casa que estavam montando também tinha todos os cômodos em  vermelho e branco. No dia do crime, Guilherme de Pádua usou uma camisa vermelha. Não sabemos com que cor estava Paula Thomaz, porque suas roupas nem sequer chegaram ao IML.

Especialistas informam que os rituais de sacrificio na magia negra são de natureza bem diferente daqueles feitos pelas religiões africanas. Na umbanda e no candomblé, segundo eles,  paga-se ao santo depois que se recebe a graça. No pacto demoníaco é o contrário: paga-se primeiro. Segue-se um período de grande tumulto e,  depois disso, vem o tempo de colher a recompensa prometida.

Diante dos malabarismos que Guilherme de Pádua tem feito ultimamente para voltar aos holofotes, fico pensando se ele não está acreditando que esse tempo chegou!

ATUALIZANDO

O Bruxo, mentor e guia,  a quem Guilherme de Pádua se referia chamava-se Chico Preto, e era um feiticeiro de magia negra  muito famoso em  Montes Claros, MG, onde tinha fama de "matador"!

O assassino o visitava frequentemente, e participava de suas cerimônias.

Há um estudo, recentemente apresentado na UNIMONTES (Universidade de Monstes Claros), sobre Chico Preto e sua sucessora, Rosa. O título diz tudo: ROSA DIABO E AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS DAS PRÁTICAS DE CHICO PRETO.

Compartilhe
Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Email this to someone

, , , , , , , ,

110 Responses to Porque a polícia falou de magia negra?

  1. Ju 02/03/2011 at 3:01 am #

    Tadinha da Dany. Passar por esse tipo de coisa. Uma vez eu vi em um filme (não gosto de assistir filmes assim, mas estava passando e eu ouvi uma cena) algo ligado a esse tipo de sacrifício, e dizia que o chamado “cordeiro” (não se tratava do animalzinho, mas daquele que seria sacrificado) tinha que ser obrigatoriamente puro, de alma pura, de sentimentos puros… que tristeza isso… Não sei quanto de fundo de verdade existe nisso no que diz respeito a visão que essas pessoas têm ao praticar esse tipo de barbárie na vida real… mas faz sentido. Infelizmente a história do mundo é repleta desse tipo de coisa tão infeliz… os “cordeiros” sempre trazem a pureza… ora animaizinhos sem qualquer traço corrompido humano, ora crianças inocentes em tudo, ora moças virgens (claro que, no caso, a “pureza” seria do ponto de vista físico) mas sempre algo que remeta à pureza. E Dany era do bem, completamente do bem, pura em seus sentimentos, em sua conduta íntima, no caráter, era generosa, era uma menina de muita luz…
    Pode ser um comentário completamente fora de tudo isso o que estou dizendo em relação a estas práticas, porque realmente desconheço, mas eu também busco entender alguma coisa que possa fazer com que tudo aquilo que ficou “no ar” no que se refere à conduta deles possa, pelo menos, ter algum sentido. Claro que não faz sentido, a barbaridade que foi feita com a Dany não faz sentido e mesmo que fosse contra outra pessoa não faria sentido. Mas são aquelas peças soltas que a gente não consegue ver encaixadas, mesmo que encaixem um dia, jamais justificarão o que levou à perda da nossa querida Daniella, mas pra tentar não ficar tão perdida eu me questiono tanta coisa… Também dizia que nesse tipo de coisa tem que ter “algo” da pessoa que seria o alvo do tal “ritual”… e se na cabeça dele ele acreditava que sendo o “queridinho” da Glória de alguma forma… quer algo tão “dela” quanto a filha amada? E mais uma vez, qualquer uma das voltas que a gente dá tentando entender o que se passou na cabeça dessas pessoas, acaba caindo no absurdo, no inaceitável, no injustificável. Lendo as matérias sobre o caso, informando que um dos indícios de que tratava-se de um ritual foi o fato do círculo ao redor do coração e se for verdade a questão de que o ofertado precisa ser alguém puro, até que algumas peças encaixam… na mentalidade dele teria que ser o coração dela mesmo a ser oferecido, porque não havia outro igual no mundo… não como o dela, não com o amor e a ternura que emanavam dali. Como é triste tudo isso… seja quem for a vítima, como é triste. E há quem intitule esse tipo de coisa de “religião”. Religião significa “religação”, “reaproximação” com Deus e esse tipo de coisa não poderia ser mais distante Dele. Me aperta o coração poder falar em coisas que venham a mexer nas suas dores, Glória. Eu sou mãe e não sei se eu teria a força que você tem. Eu acho que diante de uma dor dessas, que é chamada dor por não existir um nome ainda mais justo, a pessoa acaba sendo forte de um modo que nem sabia ser possível, mas eu não sei se eu conseguiria… Eu vejo você, lembro de você e a palavra que me vem ao coração e à mente é “Mãe”. Então, só me permiti expor isso que pode ser um “devaneio” meu porque eu também queria entender… não sei muito sobre o livro, mas Palewa comentou que talvez você esclareça muitas coisas para nós, através dele, e que postando nossos questionamentos aqui, talvez pudessemos estar colaborando um pouquinho para você saber de algumas questões que ainda não conseguimos digerir. Te deixo aqui, Glória, todo o meu respeito e todo o meu respeito pela Dany. Me perdoe se minhas palavras tiverem te entristecido mais, quisera eu poder ter a certeza de que, apesar de tudo, seu coração se encontra em paz. E que a nossa florzinha, desculpe chamá-la de “nossa”, mas pelo carinho que sempre nutrimos por ela, acho que posso chamá-la assim… esteja muito feliz, porque ela sempre mereceu ser feliz aqui, como esse direito foi estupidamente arrancado dela, que ela seja muito, mas muito mais feliz onde hoje está. Um grande abraço e muita paz pra você S2

  2. claudia 20/02/2011 at 1:35 pm #

    Fiquei arrepiada ao ler, na minha opinião eles realmente tinha um pact demoniaco sim, ou deven ter ate hj, pq eu não acredito em arrependimento de assassinos, tb não acredito que exista perdão de Deus para eles.
    alem de ser assassinos eles tb são macumbeiros, feiticeiros seja la o nome que se da a estes elementos, o fato e que desde que o mundo e mundo, todo mundo sabe que feiticeiros não terão o reino de Deus, então a unica coisa que estes assassinos (sim pq e o que eles sempre serão) tem a fazer e aproveitar a vida enquanto estaõ vivos pq depois que eles morreren o inferno os aguarda, pq a justiça aqui não funciona e a de Deus tarda mas não falha.

  3. Tony Souza 16/02/2011 at 3:29 pm #

    Uma coisa que eu queria comentar e até esqueci, sou tatuador e no meu estúdio, já atendi dos mais inusitados pedidos, muito inusitados mesmo, mas algo tipo esse do Guilherme e da Paula nunca atendi, como um pacto assim não.

  4. Palewa Merçon 10/02/2011 at 4:46 am #

    Gabriella, também achei esses comentários do Guilherme muito absurdos. Jamais consegui imaginar a Daniella dizendo coisas terríveis sim, tais palavras só poderia ser gerada no pensamente de uma mente perversa e proferida por uma boca suja como a do Guilherme. O adepto à crendices estranhas era ele e a Paula, não a Daniella. Mesmo assim, para mim, foi mais um ritual de vingança do que de magia negra. Não creio que Guilherme tivesse conhecimentos suficientes para fazer um ritual de sacrifício humano. E como vc falou, o carro do Hugo passou pelo local. Isso também atrapalharia.
    Claro que tem umas coisas estranhas neste crime como as tais manchas vermelhas, sacos de laranja, etc. mas ainda assim não considero um ritual, pode ter sido uma tentativa disso. O Guilherme é tão soberbo que devia se julgar expert desses troços macabros. Ele tinha muito interesse nessas crendices, mas ouvi vários depoimentos que me demonstraram que ele era um leigo iludido com o suposto poder que tais crenças poderia dar a ele. Sacrifício humano significa uma coisa: assassinato! A justiça considerou o lado religioso na hora de condenar, vi os promotores citar tatuagens dos assassinos pros jurados, tudo isso deve ter influenciado na condenação…

  5. Gabriella Aride 09/02/2011 at 10:10 pm #

    Então, eu acho muito estranho ele vir com aquele papo de que a Dany era quem queria esquartejar a mulher dele e enterrar em lugares diferentes para que ” a alma nunca se reencontrasse”. Uma idéia muito macabra dele criar isso, então eu cheguei a pensar se ele não pensou nisso e sobre o ritual, eu fico pensando se talvez o ritual não ficou “tão bem feito” pq não deu tempo, uma vez que passou o carro do advogado e eles ficaram preocupados, talvez não tenham finalizado tudo como prentendiam.

  6. Tony Souza 09/02/2011 at 3:41 pm #

    Não cheguei a ver nenhuma foto do matagal mostrando as ossadas que os peritos encontraram no local onde estava o corpo da Danyzinha. Glória Perez, se puder e existir alguma foto que mostre bem isso, posta aqui, aí podemos ter a dimensão do que vcs viram naquele dia, de como estava tudo, a ossada, enfim.
    Esse lance da mancha faz supôr que eles “marcaram” a Danyzinha, apesar de não sabermos a composição quimica. Psicopatas desgraçados, malditos covardes.

    Abração.

  7. Megg 08/02/2011 at 8:19 pm #

    Lendo tudo isso, os comentários, eu fico pensando uma coisa: será que o Guilherme acredita em algo? Ele acreditava na magia negra ao que indica, será que ele pensa que existe mesmo algo, Deus, ou Diabo? Não falo em convertido, sei que ele não está convertido e nem se arrependeu, mas será que ele acredita que forças ocultas existam, alma, Deus, Demonio? Acho que em Diabo ele acreditou/acredita já que se meteu nesses rituais. Não sei se me fiz entender…
    É muito difícil entender a cabeça dele.

  8. Vitor Jordão 08/02/2011 at 7:54 pm #

    Oi Glória Perez, primeiro te parabenizar por este blog tão bem montado.
    Sou primo do Pedro Jordão que já postou aqui, ele me mandou este blog por e-mail em dezembro e só agora eu vi, não sou de comentar em blog ou afins, mas eu li o blog, os comentários e não pude deixar de comentar, eu não gosto de falar sobre ser ateu, mas como há comentários sobre Deus aqui, me instigou a escrever. O Pedro comentou aqui que é ateu, eu também sou, ele tem a idade que sua Daniella tinha quando faleceu, já eu, sou um pouco mais velho, tenho 28 anos e pai de uma filha de 4 anos, não a influencio nem influenciarei, ela crê no que sentir, a crença está dentro, é intima, não se impõe. Me revolta muito quando as pessoas atribuem à falta de Deus a desumanidade de alguém. Um ateu, é uma pessoa como qualquer outra, e como em tudo e em todas as religiões, existem ateus bons, maus. O Pedro ainda teve uma influência de não ser ateu, pq a mãe dele (sou primo por parte de pai), veio de origem católica e a família da mãe dele acreditam em Deus e nem queriam que ela se casasse com meu tio, pai do Pedro. Mas o Pedro chegou a sua própria conclusão. Eu também, minha família é de ateus, parte de mãe e pai, mas eu pensei pra chegar a minha conclusão. Só quero explicar que não tem nada a ver uma pessoa ser má, matar com falta de deus, eu nunca matei ninguém, vivo normal, amo minha família, trabalho, viajo, estudo, namoro, tomo um choppinho com meus amigos, adoro todos eles, os ajudo quando precisam, procuro ser solidário pq gosto das pessoas, se erro, se já magoei alguém na vida, é pq sou humano, mas me arrependo, peço desculpas. Apenas acredito que somos nós por nós. Se eu fosse um psicopata, eu seria mau e pronto independente se sou ateu. Talvez meus pensamentos sejam radicais para uma maioria por isso não sou de ficar expondo, minhas convicções estão dentro de mim, só quero dizer que respeito todos os seres humanos, o que não respeito são monstros psicopatas que se escondem em uma religião como esse que matou sua Daniella, isso é revoltante.

    Desculpe se fui inconveniente.
    Forte abraço. Eu sou pai e penso em sua dor.

  9. Margot Ramos 08/02/2011 at 6:41 pm #

    Eu tb tenho muitas dúvidas sobre o caso Daniella, essas citadas aqui e muitas outras, por isso eu tb estou ansiosa pelo livro e vou comprá-lo com toda certeza.
    Não vou nem entrar no mérito se acredito ou não em Deus, fui criada dentro da religião católica, meu pai sempre foi rígido, missa todo domingo, rezar, e estudei minha vida inteira em colégio católico, mas eu sempre fui de questionar e buscar muitas respostas, então conforme fui crescendo fui mudando, criando minha forma de pensar, minha conclusão é: rezandou ou não rezando, o que tiver que acontecer vai acontecer. Eu posso juntar as opiniões da Palewa, da Irene e da Kelly que refletem um pouco a minha.
    Sobre a magia negra no caso Daniella, é claro que tem alguns indícios estranhos, indicam que foi feito um ritual, mas da mesma forma que a Yasmin, eu tbm pesquisei na internet sobre magia negra mas nada é muito satisfatório. Eu tento entender sobre os sacos e a mancha na mão, nos sacos e na árvore.
    Eu não vejo a hora de comprar esse livro sobre a Dani e o crime.

    Abraço.

  10. Irene Ribeiro 08/02/2011 at 4:08 pm #

    Eu tenho ainda muitas dúvidas sobre a questão da magia negra, todas as citadas aqui, acho que até fiz perguntas sobre isso antes, por exemplo, eu não entendo essa coisa do cara da cobal ter visto a Dani ferida, ele não a reconheceu ou só a viu de relance? E ao Guilherme? Mas em que carro Dani estava nesse momento? Eu estou tão ansiosa pelo livro, muito mesmo.
    Sobre essa questão de crenças, Deus, eu penso que somos todos fenômenos da natureza, nós humanos, assim como os cães, os gatos, os leões, os pássaros, as árvores, o mar, o vento… agora não sei de onde vem esse fenômeno, mas não creio em Deus da maneira que muitas vezes se é colocado, concordo pra caramba com o que a Palewa e a Kelly escreveram.
    Então se uma pessoa sobrevive ela é abençoada e a outra que morreu? Então até o caso da Dani é um exemplo, ela morreu pq? E a Isabella Nardoni? E a Elisa Samúdio? Ahhh, Elisa Samúdio fez por onde né bla bla bla, mas e daí? Deus ama o pecador ou seja, não importa se ela fez ou não, então eu não afirmo categoricamente a não existência, acho que me coloco como a Palewa, agnóstica, mas prefiro acreditar na não existência do que na existência devido a tamanhas injustiças. Se a Dani morreu, era pq Ele não a amava? Ou não amava o João Hélio? A Elisa Samúdio? A Nardoni? Não prefiro não acreditar nisso. A não existência Dele me confortaria mais. PErdoem é o que penso, respeito a todas as opiniões e esta é a minha. Abraços.

  11. Megg 05/02/2011 at 10:11 pm #

    Guilherme foi a Cobal? Qual o motivo? Onde a Dani estava nesse momento, em que carro? No carro com o Guilherme ou com a Paula? Ela ao ser emboscada foi jogada no Santana, então, Paula assumiu a direção do mesmo e Guilherme o Escort. Mas então onde o cara entregou os sacos de ensacar laranja, no Escort sob a direção do Guilherme? Eles mudaram a Dani de carro? Tipo, eu queria entender melhor como aconteceu esse lance da Cobal, se a Paula foi seguindo atrás ou já foi pro local do crime esperar por ele. O cara viu a Dani ferida e reconheceu ou não percebeu, como foi? Tenho essas dúvidas.
    Estou a cada dia mais ansiosa pelo livro.

    Abraço.

  12. Yasmin Villefort 05/02/2011 at 9:50 pm #

    Tbm fico pensando em td isso, se nenhum especialista disse o q poderia ser, tanto a mancha qto os sacos, e o q significa a mancha estar na árvore tbm. Pesquisei algumas coisas d magia negra na internet + nda foi mto satisfatório pra mim, e tbm existem diversos tipos né. Eu tbm ñ sei se o Guilherme fez o ritual corretamente, se foi até o fim, diga Glória p favor se algum especialista disse algo ou então poste o laudo sobre a mancha.

    Bjks.

  13. Nice Vianna 05/02/2011 at 5:25 pm #

    Tenho as mesmas dúvidas que a maioria aqui tem, o que os especialistas disseram sobre a mancha? Eles chegaram a supôr o que poderia ser? Não só o significado da mancha como sua composição?

    Abraço querida Glória.

  14. Juliana Luz 05/02/2011 at 2:09 am #

    Em relação à mancha e aos sacos…

    Glória, você conversou com pessoas “entendidas” do assunto, não? Elas te ajudaram com as informações que vieram a confirmar que tratava-se de um ritual. Essas pessoas não têm idéia do propósito dessa tal mancha e dos sacos? A primeiro coisa que a gente pensa, é que Dany foi marcada, carimbada… foi apenas na mão? Mas e os sacos…??? São coisas que a gente não consegue entender… se você recebeu alguma explicação em relação a isso, posta pra gente. Tem tanta coisa que fica até hoje sem resposta… Beijo grande! Fica com Deus!

  15. Palewa Merçon 05/02/2011 at 1:32 am #

    “Apesar de se declarar “espírita” quando de sua identificação na polícia (vol 1 pag 26), o comportamento do casal não corresponde em nada a esta religião, nem a nenhuma outra conhecida.” Como assim? Eles inventaram uma religião? Bom, de dois loucos como eles posso esperar qualquer bizarrice mesmo… credo!

    “O tronco dessa árvore também estava manchado com a mesma substância, assim como alguns sacos de ensacar laranjas, também encharcados dela.” Por quê esses sacos de laranja eram tão importantes? Qual a relação? Li uma vez que o Guilherme parou na Cobal para pegar os tais sacos e que um rapaz de lá viu a Dany desarcodada e ferida no carro do assassino. Foi o mesmo rapaz que foi entregar os tais sacos ao Guilherme, pelo que entendi. Estranho tudo isso viu… aff!

  16. Palewa Merçon 05/02/2011 at 12:27 am #

    Glória, vc poderia postar aqui os laudos que concluíram o caso da mancha vermelha na mão da Dany? (vol 1 pag 159, vol 2 pag 366). Gostaria de visualizar isso para entender melhor… se algum perito nessa área ou químico ler este blog, por favor se manifestem.
    Para mim só tem uma explicação nesse lance da mancha não identificada. Trata-se de alguma mistura homogênea; isso quer dizer que é uma mistura onde ao final do processo de união de substâncias, estas já não podem ser identificadas como no início. Tais substâncias sofrem dissolução, ou seja, a mistura dessas substância somente produz uma fase. Isso quer dizer que toda mistura homogênea é uma solução, ou seja, é um conjunto de substâncias solúveis entre si. A mistura homogênea é aquela cujas substâncias constituintes não podem ser identificadas, pois possuem as mesmas propriedades em toda a sua extensão. Deu para entender, mesmo que um pouquinho, pessoal?
    Bom, só vendo o laudo referente à mancha específica da Dany para ter certeza, talvez eu saiba interpretar já que fiz Toxicologia e Química Forense (apesar dessas matérias não ser a minha especialidade). Posta para a gente Glória, por favor. Fiquei curiosa para ver de tanto que todos questionam sobre essa misteriosa mancha…

  17. Palewa Merçon 04/02/2011 at 7:21 pm #

    Seu exemplo do único sobrevivente é ótimo Kelly, retrata bem a mensagem que quis passar…
    Religião é uma coisa excelente para manter as pessoas comuns quietas. Tem gente que é conformado demais com tudo, isso me irrita bastante. Resignação demais não é bom, tampouco aceitar o mundo do jeito que ele está. Porque o mundo não é assim, ele está assim; e está porque os conscientes e bons não faz o suficiente para mudar as coisas. Muitos inocentes pagarão, não preciso ser profeta para prever isso. Pior é achar que Deus ou qualquer outra entidade resolverá um problema que é nosso.

  18. Kelly Cristina Leal 04/02/2011 at 5:24 pm #

    Palewa, concordo plenamente, e eu detesto todo e qq tipo de fanatismo, as pessoas “entregam” nas mãos de Deus, ou de alguma entidade, crença e pronto.
    Uma coisa que minha mãe diz e eu concordo, ex. um acidente, morre um bocado, menos 1, daí esse um diz que foi Deus quem o salvou, aí penso, pq Deus salvaria só ele? Enfim, é uma questão complicada.
    Nesse caso do Guilherme, ele estava fanático, assim como a mulher dele à época, o Guilherme estava deslumbrado e fanático, se achou acima do bem e do mau, que tudo daria certo pq estava “protegido”.
    Mas tem muitas coisas que não entendo pra que servem na magia negra como o saco de ensacar laranjas. Essa mancha que não há nem sequer desconfiança do que seja, enfim, isso ainda tenho dúvidas.

    Abraço a todos.

  19. Luíza Guimarães 27/01/2011 at 1:26 pm #

    EM RELAÇÃO A MANCHA EU FICO PENSANDO O SEGUINTE: NENHUM ESPECIALISTA NA ÉPOCA COGITOU O QUE PODERIA SER A MANCHA NA MÃO DA DANI? ALGUM ENTENDEDOR DE MAGIA NEGRA, PQ MESMO A MANCHA NÃO SENDO IDENTIFICADA PELOS PERITOS ME PERGUNTO SE OS ENTENDEDORES DE MAGIA NEGRA PRESSUPORAM ALGUMA COISA, O QUE PODERIA SER ESSA MANCHA? E O QUE SIGNIFICA OS SACOS DE ENSACAR LARANJA?GLÓRIA,ESPERAMOS O LIVRO ANSIOSAMENTE.BEIJOS.

  20. Fernanda 25/01/2011 at 2:54 pm #

    Duas coisas que me deixaram intrigada: a mancha da mao dela, que nao foi identificada, e peritos fazendo análises nos carros sem o uso de luvas. Nunca vi isso!

  21. Irene Ribeiro 24/01/2011 at 10:50 pm #

    Nada acontece sem luta, esforço, não acredito que ritual algum dê algo à alguém. Realmente nada “proverá” isso.
    O que fizeram com a Dani foi algo tão surreal e inacreditável até hj, pq olhar pra ela, pro rostinho de menina cheia de vida dela e pensar na morte torpe e trágica que ela teve, na morbidez disso tudo, um assassinato cruel e ritualístico. Acho que nem em seus maiores medos de mãe Glória imaginou que um dia algo assim fosse acontecer com um filho seu, a Dani achava que teria uma vida inteirinha pela frente tadinha, a forma que ela sempre falou nas entrevistas dela.
    Essa crueldade toda não se apaga e quem fica de fato pra sempre com as marcas, são aqueles que amam a vítima e a própria vítima.

  22. Palewa 24/01/2011 at 8:33 pm #

    Kelly, discutir religião é sempre complicado, ainda mais para mim que sou agnóstica. rsrsrs
    Mas verdade seja dita, não são só os macumbeiros que acham que as coisas podem vir fáceis ou cair do céu. Tem muito evangélico e da Universal repetindo igual papagaio a frase: “Deus proverá”. Ora, parece que se vc afirmar que acredita em Deus e ir pra igreja todo dia, vai garantir prosperidade, até mesmo emocional. Como se os “ungidos do Senhor” fossem imunes à tragédias, a abalos emocionais, etc. Isso não existe! E se algum “ungido” se ferra, os outros irmãos se apressam logo a dizer que a fé dele não era o bastante, o suficiente. Aff! Tudo tem uma desculpa favorável à religião deles e tudo gira em torno de Deus e do Diabo. Se der certo, foi obra de Deus; se der errado, foi do Diabo. Santa loucura! As coisas acontecem nas nossas vidas por nossa única e exclusiva responsabilidade. Não tem nada haver com o bem ou com o mal. Quem não corre atrás, não chega a lugar algum; pode ser bom, mau, etc., mas se não tiver determinação, perseverança, fé em si mesmo e sabedoria, não chega lá. É vc mesmo que tem que fazer por merecer. Nada vem fácil pra ninguém, tudo tem seu preço. Ter bom caráter é importante, mas também não garante nada; só te ajuda a manter no topo se vc conseguir chegar lá. Mas ninguem tem sucesso na vida por que é bom ou ruim, pq merece ou não, somente por causa do esforço e da dedicação se chega a algum lugar. Agrarrem-se no que é concreto, nas possibilidades, nas oportunidades que aparecem; não à crendices, superstições, oferendas e simpatias. Vamos ser realistas e conquistar um futuro melhor em bases sólidas.

  23. Kelly Cristina Leal 18/01/2011 at 9:39 pm #

    Palewa, concordo 100% com o seu comentário, essa sua frase que diz “Nenhuma entidade, do bem ou do mal, “proverá” se vc não fizer por onde merecer.” Simplesmente falou tudo.
    Na minha opinião, francamente, eu não acho que nada do universo nos dê nada, o que nós dá é nosso esforço trabalho, não há reza, mandinga, nada nada que nos dê algo.
    Bem, parece que é uma tendência de alguns psicopatas serem adeptos de seitas bizarras e daí inocentes acabam pagando por isso.
    O crime contra a Dani é um dos crimes mais terríveis e macabros que eu já ouvi falar na minha vida, tantos requintes de crueldade, de rituais, tudo, são detalhes tão sinistros, tão surreais até eu diria. Se o crime contra a Dani tivesse sido apenas cena de novela, com certeza as pessoas achariam que era muita “viagem” do autor, que era macabro demais, só que o pior é que não foi cena de novela, foi vida real, a realidade superou a ficção de forma inimaginável, quem poderia pensar que um dia algo assim aconteceria? É ainda impressionante olhar a foto da Dani, tão linda, jovem, ver como ela era talentosa, querida e associar ela ao que aconteceu, nossa, ainda é estranho apenas de tanto tempo, pq o que aconteceu com ela, é algo que era tão alheio a vida dela, que por mais que apareça explicações, não tem explicação.
    Infelizmente a Dani não pode viver mais e realizar seus sonhos por coisas doentias que aconteciam ao redor dela e geraram essa coisa tão horrível. Não dá pra aceitar e se conformar apesar de tantos anos. Nunca mais teremos a Dani e isso é cruel.

    Abraços.

  24. Palewa 17/01/2011 at 1:35 pm #

    Essa coisa de magia negra é tão macabra, mas para mim o Guilherme não tinha conhecimentos suficientes para fazer um ritual de sacrifídio usando a Dany. Ele estava fascinado pela fama participando da novela da Glória e pelo poder que essas crendices diz dar aos seus adeptos. Achava que poderia obter mais e mais sucesso de maneira mais rápida, se valendo de estatuetas de barro, de fitas vermelhas e de manipulação. Detesto essas coisas viu, odeio quem busca alguma religião e/ou seita em troca de prosperidade. Estuda, trabalha, corra atrás! As coisas não caem do céu não. Nenhuma entidade, do bem ou do mal, “proverá” se vc não fizer por onde merecer. Batalha por vc mesmo, que vc consegue. O resto é ilusão!

  25. Eduardo M. Sá 02/01/2011 at 3:51 am #

    Endiabrados, capetas, acabaram com a vida de uma menininha linda dessa, o inferno é aqui, não tem essa de inferno depois que morre não, vão pagar aqui até o fim de seus dias, serão sempre apontados nas ruas, nunca se sentirão à vontade em uma festa, ou tomando um chopp no bar.

  26. daniel alves 31/12/2010 at 4:43 pm #

    Não duvido mesmo que eles pense que o tempo de colher o prometido pela entidade chegou, pois quem teve coragem de matar friamente uma menina de 22 anos, é capaz de tudo.
    esse assassino maldito deveria ficar trancado em casa já que a justiça brasileira é pessíma e não o manteve na cadeia, pois na minha opinião que mata não deve nunca mais sair livre, presa ficou a Daniella, que não está mais aqui, ele deveria ficar pra sempre na cadeia. agora, o que mais me mais me revolta é uma mulher ter coragem de casar novamente e ainda mostrar a cara junto com um monstro como esse.
    esse homem é o lixo da humanidade, nem um cachorro morde as mãos de quem o alimenta, você Glória, deu a esse monstro a grande oportunidade da vida dele, um papel na novela das 8 na Globo, e como ele te pagou?
    Tirando a vida da sua filha.
    Por pessoas assim que me envergonho de ser humano.
    Não tirando a culpa da Paula, essa assassina tambem teve sua culpa, mais o assassino ( não vale nem a pena falar o nome desse verme), é quem teve a culpa maior, a assassina não convivia com a Daniella, durante toda a semana, não pode saber o ser maravilhoso que ela era, allém de a Daniella ser tudo que ela não era, uma menina linda, bailarina profissional e uma grande atriz que deixava o Brasil parado diante da bela Yasmin na novela das oito. Agora ele sim, viu que ela, queria ela viver, amava viver, amava seus pais e seu marido, ( o grande Raul Gazolla, que a globo tem esquecido últimamento, pois é um grande ator.) e mesmo assim matou. Mais sei que DEUS existe e vai cobrar por isso , não só pela morte da Daniela, mais pela morte do pai dela, que não aguentou ver a filha morta e morreu 2 anos depois.

    A Glória só aguentou porque ela tem muito o que fazer ainda por aqui, como gritar por justiça, pra quem não pode grita..

  27. Guilherme Luíz Guerra 27/12/2010 at 6:20 pm #

    Lembro de como saia uma notícia atrás da outra sobre isso. Foi um crime tenebroso, com requintes de crueldade, ingredientes macabros e sórdidos demais. Algo inimaginável. Ninguém poderia pressupor isso um dia.
    Uma vida desperdiçada por motivos insanos, é muito triste e dá muita raiva também.

  28. Raphael Brandão Jr. 22/12/2010 at 10:03 pm #

    Então realmente rolou a magia negra, não era apenas especulação, eu imagina pelos detalhes que eu cheguei a ler algumas vezes. Esse crime ultrapassa todos os limites da normalidade: não tem motivação concreta, todos os requintes de crueldade, a magia negra presente. É um dos crimes mais impressionantes que já vi e ouvi falar.
    Isso tudo é absurdo demais. E ele agora se diz crente? Affz.

    Raphael.

  29. Luciana 22/12/2010 at 5:20 pm #

    O que vai vir para ele será a justiça de DEUS! Dessa ele não poderá escapar!

  30. Lucas Albertini 20/12/2010 at 7:02 pm #

    Desejaria saber se algum especialista falou o que, por acaso, poderia ser a mancha na mão da Daniella, se deram alguma opinião do que pudesse ser.

  31. Nice Vianna 20/12/2010 at 6:56 pm #

    Tenho horror a tudo isso, lembro perfeitamente quando as investigações caminharam para a magia negra. E não tenho dúvidas de que isto aconteceu.

  32. Gabriella Aride 15/12/2010 at 10:22 pm #

    Tudo isso é pavoroso demais. Perder um filho de maneira torpe, em condições estúpidas, por motivos doentios, deve ser uma dor sem tamanho. Criar com tanto amor um filho para vê-lo cair nas mãos de sádicos assassinos. Que mártirio o seu Glória. Perder sua filha jovem e linda dessa maneira. Imagino que cada dia é uma luta, sobreviver sem ela e pensar no que a aconteceu. Querida, vc é especial. Beijos.

  33. Irene Ribeiro 07/12/2010 at 1:45 pm #

    Oi Glória Perez, eu tinha 14 anos quando ocorreu o crime com a Dani. Ela era uma graça de menina, encantadora, carismática, eu queria ser igual a ela, na verdade eu queria parecer a Yasmin da novela. Eu adorava. Eu lembro de como foi falado magia negra, eu fiquei impressionadissima com isso. Eu tenho uma filha de 3 anos e penso muito na sua dor, a gente ama, cria, protege, se desespera se eles, os filhos, sofrem um machucado bobo, e depois chega num matagal e vê o filho todo ferido morto como foi o seu caso, vc é muito guerreira. Admiro vc demais como mulher e mãe.
    Sobre o comentário da Megg de 6+6+6=18, eu também já li algo a respeito disso de 18 ser o número da besta, indiretamente, não lembro direito não, mas acho que vi isso na época da morte de Daniella. Um beijo.

  34. Tony Souza 06/12/2010 at 2:52 pm #

    Desgraçados compactuados com o Diabo. Daniella Perez, linda e eterna. Uma deusa inesquecível.

  35. Margot Ramos 05/12/2010 at 7:26 pm #

    Faço faculdade de psicologia, e esse caso Daniella Perez é um prato cheio para essa área. Tem todos os ingredientes perversos de psicopatia.
    Divulguei o link deste blog no meu twitter, pq apesar de me amarrar na Dany eu soube a pouco tempo da existência desse espaço aqui. Eu lembro demais de como foi noticiado sobre magia negra. Nessa época eu estava de viagem na casa da nossa família na região dos lagos passando as férias, numa casa de 2 andares, eu lembro que ficava com muito medo dessas noticias de magia negra no crime contra Daniella, e não conseguia dormir sozinha no quarto de cima, mas eu não queria que ninguém soubesse que eu tinha medo, então passava a noite inteira só cochilando e acordando direto. Eu era criança e fiquei muito impressionada. Foi muito macabro e doentio. Tudo isso deveria se levar em conta na hora de julgar se o criminoso merece ou não liberdade. A motivação torpe, a magia negra, a impossibilidade de defesa da vítima, o agravante da emboscada, tudo deveria ter sido usado para impedir o indulto. É como uma premiação ao crime. Matam e depois saem em menos tempo do que o previsto como um “ok, vc te direito de viver embora tenha tirado esse direito de alguém de maneira tão torpe”, sairam com “tapinhas nas costas” e tudo bem… Há muita coisa ainda a ser mudada nas leis brasileiras. É preciso uma reforma. Assim não dá. Meu irmão estuda direito e ele me informou de cada brecha de lei que existe que eu fico surpresa.
    Quero ser uma das 1ªs a comprar seu livro.
    Um abraço.

  36. Kelly Cristina Leal 04/12/2010 at 9:40 pm #

    Fiquei muito impressionada com todos os detalhes da magia negra clara e explicita presente no assassinato da Daniella Perez. Não foi à toa mesmo que antes de se saber a motivação, surgiu toda esse tese de magia negra, porque independente do motivo, houve o sacrifício, ou pelo menos a tentativa de fazê-lo, pois não sei se foram com o ritual até o fim. Afinal, foram surpreendidos com a passagem de um carro próximo ao local do onde deixaram o corpo e cumpriam o ritual com o cadáver da inocente Daniella. Muitos psicopatas se envolvem com seitas e crenças bizarras. Assistindo a esse vídeo – http://www.youtube.com/watch?v=bXfIXOTRAbw – tá explicando que até ossos de animal grande geometricamente arrumados e cortados com serra elétrica havia no local.
    Então eu entendo que se não havia sangue no local, e o sangue no carro e lençol eram em pouca quantidade, limparam o sangue da Dani. Haja sangue frio!!!!!
    A roupa do Guilherme naquela noite era vermelha, será que a da Paula era branca? Isso não saberemos.
    Eu soube que existem diferentes tipos de rituais para diferentes objetivos, o ritual da Dani seria para qual “objetivo”? Falava-se muito que o tipo do cometido com ela, era para se apropriar de tudo de bom que ela tinha na vida. E rituais desse gênero são muito comuns, se procurar no google, se acha informação aos montes. Como esse caso muito conhecido já por todos nós. http://www.sidneyrezende.com/noticia/84906
    Faço idéia do seu sofrimento pois tenho uma filha.

    Super abraço a vc Glória Perez.

  37. Kelly Cristina Leal 04/12/2010 at 9:21 pm #

    O que acontece quando se mistura psicopatia, pactos e crenças demoníacas? Só poderia dar nisso. O brutal assassinado de uma inocente.

  38. Pedro Jordão 30/11/2010 at 6:40 pm #

    Muita boa a sua explicação Palewa! Deu pra entender direitinho!
    Isso Glória, posta sobre os laudos se possível!
    A meu ver, essa mancha, independente do que seja, parece que serviu para ‘marcar’ a Dany, oferecendo-a em sacrifício, mas eu não entendo nada disso, só imagino que possa ser isso. Agora não há dúvidas de que houve mesmo um ritual, tanto que matagal já estava preparado! Será que algum especialista no assunto opinou sobre o que poderia ser a mancha??
    Isso é muito horrível, mórbido, Dany foi envolvida, involuntariamente, em toda uma trama macabra e doentia! Vivia a vida dela, de boa, alheia a tudo isso! Já pensou, eu tenho a minha vida na moral, de repente um psicopata e/ou uma psicopata, ou sei lá, cisma comigo, acha que eu tô dando emcima de alguém, ou quero prejudicar, ou sou empecilho e me mata?!?! Isso é pra ver que pode acontecer com qq um! Por isso que eu sou cismado, cabreiro! Com certeza a Paula percebeu que o Guilherme ‘traiu o pacto de fidelidade deles’, no momento em que ele teve a intenção de tentar seduzir a Daniella pra se beneficiar na profissão! Aliás, até as proximidades dos personagens Yasmin e Bira chegou a ser motivo pra Paula, pq pra ela o Guilherme era intocável! Fora que a Dany era linda, a maior gata, ao contrário dela! E ele ficou com raiva da Dany pq não concretizou seus planos! Pronto, essa loucura toda resultou na morte estúpida da Dany! Precisavam eliminar a Daniella para ‘voltarem à harmonia’ pq viram nela um tormento pras suas vidas! Foi ciúme, vingança, pacto de fidelidade, magia negra, tudo junto! E a pobre da moça morreu acho que sem entender muita coisa!
    Agora se é verdade mesmo que nesse lance de sacrificar rola tbm a intenção de “ficar com o que pertencia a vítima”, a Paula nem nascendo de novo, Daniella Perez era linda, talentosa, tinha caráter, era carismática, e essa Paula???! Que talento ela tinha mesmo que eu não me recordo?!…..?!…..?!
    ‘Diante dos malabarismos que Guilherme de Pádua tem feito ultimamente para voltar aos holofotes, fico pensando se ele não está acreditando que esse tempo chegou!’ Na mente doentia dele, creio que ele pode estar pensando isso mesmo, apesar de receber o desprezo da sociedade, volta e meia aparece um pra dar algum crédito pra ele!

    Pedro.

  39. Yasmin Villefort 29/11/2010 at 2:43 am #

    Que medonho meu Deus, coitada dela. Mas sua alma está em paz pois ela era um ser de luz, eu tenho ctza disso.

  40. Bruno Faria 27/11/2010 at 9:53 pm #

    Eu lembro bem quando se falava muito em relação à ritual satânico, todas as evidências, não há dúvidas de que a Daniella foi sacrificada em um ritual macabro, o matagal já pré-preparado. Queriam entregar a alma da Daniella ao Satã acreditavam que seriam beneficiados. Coisa doentia isso.

  41. Megg 27/11/2010 at 8:08 pm #

    Dani recebeu 18 golpes. Li em algum lugar toda uma explicação sobre o número 18 e que 18 é associado ao número da besta, pois 6+6+6=18. Tinha lá toda uma explicação, não lembro muito bem agora.
    Penso se o ritual não foi interrompido, com o carro do advogado passando pelo local.
    Abraços.

  42. Palewa Merçon 26/11/2010 at 11:23 pm #

    Que coisa mais bizarra! Eu tenho a mesma dúvida que o Pedro Jordão. Não entendo essa coisa da mancha nao identificada. Nunca vi isso na minha vida, estudei Toxicologia Forense em Perícia Criminal. Existe algo chamado ATS que é a busca química-analítica de substancias de interesse toxicológico potencialmente prsentes em uma amostra e cuja identidade é desconhecida. O objetivo final da ATS é justamente a identificação por exclusão. A identificação positiva ocorre quando os dados analíticos são compatíveis com uma determinada substancia e incompativeis com todas as demais substancias possivelmente presentes na amostra, tais como compostos endogenos e demais interferentes. Espero que tenha sido o mais clara possível e que tenha me feito ser entendida. Essa substancia na mão da Dany tem que ter reagido na pele dela, normalmente é assim que funciona, peor afinidade. Por exemplo, chumbo possui alta afinidade pelos ossos; pesticidas organoclorados são extremamente lipofílicos e acumulam-se no tecido adiposo; metais (Hg, Cd, Mn) possuem alta afinidade por cisteína, etc. Enfim, só vendo o qure o laudo fala dessa substancia na mao da Daniella e ver qual explicação lógica da nao identificação da substancia na mancha. Talvez tenha sido porque a quantidade era minima. Se der Glória, posta pra gente mais detalhes sobre os laudos periciais e provas processuais.
    Pedro, existem 1 milhão de substancias quimicas conhecidas e 70.000 novas surgem por ano.

    Bjks a todos!

  43. Pedro Jordão 25/11/2010 at 11:23 pm #

    ‘Na palma da mão direita havia uma mancha avermelhada, que a perícia não conseguiu detectar que substância era, mas descarta a possibilidade de qualquer substância conhecida.’
    Taí algo que me intriga até hj, ninguém ter identificado a substância, poderia ser um misturado de substâncias, porém acredito que tudo existente no nosso planeta é identificável! Isso é incompreensível pra mim até hj!
    Não tenho religião nem crenças, mas respeito a todos que tem assim como quero que respeitem o fato de eu não ter, agora esse lance de matar a moça com magia negra, coisa de mente doentia, perturbação mental pura, macabro demais! E o fim de semana antecedente ao crime em que o Guilherme esteve no hotel, coisa de psicopata mesmo! Será que ele pensou que era o ‘Demo’ quem estava com ele lá? Vai saber!

    Pedro.

  44. LUÍZA 18/11/2010 at 9:59 pm #

    HORRORIZADA COM TUDO O QUE EU LI, LEMBRO QUE BEM NO COMEÇO, ANTES MESMO DE SE SABER A MOTIVAÇÃO, FALARAM MTO DE MAGIA NEGRA. ESSAS MENTES DOENTIAS E PERVERTIDAS DELES ME DÃO NOJO. OU SEJA, A MAGIA NEGRA NÃO FOI O MOTIVO, MAS O CRIME SEGUIU PADRÕES DE RITUAL DE MAGIA NEGRA, OU SEJA, O QUE ENTENDI É QUE JÁ QUE TINHAM QUE MATAR, ENTÃO DECIDIRAM MATAR FAZENDO RITUAL, E DIZEM QUE ESSES RITUAIS SÃO PARA SE APROPRIAR DE TD O Q A VÍTIMA TEM. AGORA ESSA MANCHA NA MÃO DA DANI, NÃO SE SUPÕE O Q PODE SER? FIQUEI AINDA MAIS ANSIOSA PRA LER SEU LIVRO, POR FAVOR GLÓRIA, NOS DE UMA POSIÇÃO D PRA QDO ESTÁ PREVISTA O LANCAMENTO, MESMO Q NÃO HAJA DATA, TIPO EM Q MÊS MAIS OU MENOS.CREIO JÁ TER LIDO O BLOG QUASE TODO, POIS CADA VEZ DESCUBRO UM POST QUE EU NEM SABIA QUE EXISTIA. UM BEIJO.

  45. Dehli 29/07/2010 at 5:29 pm #

    Muito importante frisar que a genuína umbanda nada tem a ver com rituais maléficos e que a falange dos Pretos Velhos é uma linha de direita e maravilhosa!

  46. Fabiano Figueiredo 22/07/2010 at 9:29 pm #

    O caso recente do serial killer que mandou matar o próprio pai adotivo(dono da Casa do Bacalhau)e depois pessoas envolvidas neste crime aparentemente envolve magia negra também.

  47. veronica benitah 07/07/2010 at 7:18 pm #

    Sabe Glória esse cara não me convense nem um pouco,com esse jeitinho dele q parece mais é estar se divertindo com a situação e se ele acha q irá dar a volta por cima e q agora é tempo de colher eu rio da cara dele.Deus é justiça e sabe o q se passa em seu coração,pode enganar o Ratinho e aqueles pobres coitados q estaõ ao seu lado,mais Deus é certeza de justiça eu creio.Na Igreja não podemos expulsar ninguem q se diz arrenpedido,tbem não temos certeza do q se passa em seu coração,muitos entram lá para nos confundir e o Guilherme é um deles.Não podemos expulsa-lo,q droga!

  48. Fabiano Figueiredo 06/06/2010 at 12:45 am #

    Muito escabroso tudo isso. Guilherme de Pádua e essa Paula se inspirararam claramente no nefasto psicopata Charles Manson, satanista e neonazista que trucidou a atriz Sharon Tate, quando esta estava grávida de Roman Polanski. Guilherme de Pádua é o Charles Manson brasileiro e mais sortudo que este, já que nos EUA as leis contra o crime são mais duras. Fosse brasileiro, Manson já estaria há muitos anos solto e quiçá já seria até pastor e dono de Igreja evangélica. E gostei muito da senhora ter esclarecido que esse ritual macabro nada teve a ver com o espiritismo ou com as religiões afro-brasileiras. Paz e luz para você!

  49. Thiago Ribeiro 03/06/2010 at 1:32 am #

    que coisa,vai ver era a tal entidade,o dmeonio mesmo,passou o fds todo ja se preparando,que loucura.

  50. Ana Guimarães 02/06/2010 at 6:36 pm #

    o que pode ser ainda mais bárbaro que o crime, são as leis e mídia no Brasil, que dão espaço para que um psicopata assassino sem recuperação como esse, ganha dinheiro, fama, notoriedade ou seja lá o que for que ele queira ganhar, através de emboscar e matar uma colega de trabalho, uma menina meiga e indefesa, que confiou na pessoa com quem convivia profissionalmente.
    A cada nova informação postada pela Glória, eu me revolto, eu me choco, e sinto muito medo desse´país que eu vivo e que minhas filhas e as pessoas que eu amo vivem.

Leave a Reply

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes