Cartas e bilhetes

As cartas, bilhetes e cartões mostram um pouquinho de como era afetuosa a maneira de Dany se relacionar com a gente. E uma curiosidade -o apelido Dany se fixou no colégio. Em casa, nos variávamos muito a maneira de chama-la: era Dany, Danda, Dandi, Dandan, Dandica, Dan. Por isso ela nem sempre assinava Dany, quando escrevia pra nos.

para o irmão Rafinha que estava em Brasilia:

para o irmão Rodrigo:

cartão de aniversário para mim:

um convite:

Eu tinha extremo cuidado com Dany. A primeira vez que ela foi passar um fim de semana na casa de campo de uma amiguinha do colégio,  cuja mãe eu não  conhecia, tinha 16 anos. Deixei -todas as outras meninas da turma iam também. Mas fiquei aflita. Quis voltar atrás. Olhem só o drama que eu fiz:

Compartilhe
Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Email this to someone

79 Responses to Cartas e bilhetes

  1. Perlla Maria 19/05/2011 at 2:31 pm #

    Não consigo parar de chorar, é muita emoção, eu estou muito tocada com esses bilhetinhos, cartõezinhos da Dani, e está me fazendo a lembrar mais do meu menino Miguel, que também se foi tão cedo e injustamente, eu acabei revirando as coisinhas dele e para que veja um pouco da personalidade de meu filho, vou colocar aqui um bilhete dele para mim, não muito longo, espero que não se importe, é só para demonstrar um pouco da personalidade que ele tinha:
    “Minha mãe, confesso vai, eu saí cedo de casa para comprar um presente pra vc, porque ainda não tinha tido tempo mas hoje é sábado fica mais tranquilo pra mim! Parabéns minha mãe, acho que nem preciso dizer que desejo toda a felicidade do mundo pra vc, a mulher que mais amo e sempre vou amar na minha vida, a mulher que me deu a vida e da qual me orgulho muito de chamar de “mãe”! Me orgulho muito de ter nascido desta mulher maravilhosa chamada Perlla e que me deu apoio em tudo que eu precisei, em tudo o que acreditei, que me passou valores maiores do que os financeiros (claro que quando me dá dinheiro gosto também ahah)! Fiquei muito feliz e todo orgulhoso com as suas palavras ontem pra mim e pra Jani, e se somos tudo o que vc disse, foi vc e nosso pai quem nos fez assim, aprendi a valorizar os momentos, as pequenas coisas graças a vcs! Eu te amo e já volto com o seu presente, um a sua altura hein, pode confiar, seu filhão tem bom gosto, vc sabe! Até.” (ele não tinha o hábito de assinar para mim ou familiares).

    Jani é minha filha Janisse – esse bilhete ele tinha 18 anos, foi no meu aniversário. Depois ele voltou com um relógio lindo pra mim que uso até hoje. A Jani já havia me presenteado.

    Beijos e luz.

  2. Yasmin Villefort 03/03/2011 at 11:51 pm #

    Irene, compartilho do mesmo sentimento, eu vejo a Dany como um grande exemplo, pra mim é um exemplo de tudo, de amor pela família, tolerância ao próximo, determinação, talento, humildade, apesar de filha da Glória, por tudo que vi dela, ela procurava caminhar pelas próprias pernas, nunca agiu como privilegiada e nunca se sentiu melhor do que os outros. A Dany é um grande exemplo pra mim. Também quero ver mais dessas curiosidades, essas particularidades da Dany, do amor dela pela família, amigos. E tb quero ver depoimentos de pessoas que conviveram com ela, amigos famosos e não famosos, parentes.
    Ela era mesmo pra lá de especial.

  3. Irene Ribeiro 03/03/2011 at 2:29 pm #

    Glória, umas das coisas que mais me chamou sempre a atenção na Dany era o carinho que ela sempre sabia demonstrar e dosar, o amor que ela sentia e expressava de forma tão linda e meiga. Depois que conheci mais e mais a Dany, a forma dela de ser, lendo os bilhetinhos, a forma de carinho dela, eu passei a repensar até a minha forma de agir, eu nunca fui muito de expressar pra pessoas o que elas significam pra mim, embora eu tivesse vontade mas eu nunca soube como fazer, sempre tive vontade mas dificuldade em expressar sentimentos, então depois que li e vi vídeos da forma da Dany ser com vcs, sempre expressando o carinho, eu passei a “me abrir” mais e expressar mais tb. Incrível como a Dany, uma moça que viveu tão pouco e a tanto já não está mais entre nós, tenha tanto a ensinar sempre.
    Escrevo isso do fundo do coração, desde o início, quando começei a frequentar o blog, mexeu bastante comigo quando eu vi a forma linda da Dany ser com as pessoas que ela amava. Era um ser especial, de luz, iluminado mesmo. Independente de ser atriz, famosa, não importa, ela era um ser muito especial com muita coisa a ensinar, mesmo que não tivesse propósito algum de ensinar, era a maneira de ser dela e pronto.
    Glória, se puder poste mais dessas pequenas preciosidades. Adoro ver a relação linda dela com vcs. Me ensina muito. Fico ansiosa pelo lançamento do livro, sei que escrever um livro não é nada fácil nem rápido, mas eu fico muito, muito ansiosa mesmo.
    Beijos.

  4. claudinéia 25/02/2011 at 12:27 am #

    EU TE ADMIRO DEMAIS,MAIS DO Q VALE MINHA ADMIRAÇAO SE A SUA LINDA FILHA NAO TA AI NEH?MAS EU SEMPRE SEREI FÃ DE DANY E DE VC TBM, Q DEUS TE ABENÇOE E Q CONTINUE SEMPRE DANDO FORÇAS P VC E SUA FAMILIA,BJOKAS DE SUA FÃ!!!!!!!!!

  5. ÉRIKA ALVES 11/02/2011 at 7:38 pm #

    Glória, eu não consigo mensurar sua dor. Esta foi a primeira vez que entrei neste blog, e ao ver todos os videos eu me lembrei claramente da época em que tudo aconteceu. Eu só tinha 11 anos, mas me lembro exatamente a angústia que senti quando soube o que aquele monstro havia feito aquela moça tão linda. Até então eu só conhecia a atriz Daniella Perez, mas hoje lendo estes cartões lindos que vocês guardaram com tanto carinho eu vejo que ela era uma menina maravilha. Sei que não posso minimizar sua dor, nem sua saudade, mas gostaria de compartilhar com você minha esperança, de que um dia poderemos rever os nossos ente queridos que se foram. Eu acredito nisso como uma realidade. leia joão 5: 28,29.

  6. elen 07/02/2011 at 12:07 am #

    gloria! que relaçao linda de vcs duas e de toda a familia, lendo essas cartinha da dany,é muito emocionante, eu fiquei lembrando
    agora das cartinhas q eu escrevia para meus pais nos dias dos pais e das mães,quando eu era criança, aqui em casa perdemos tempo brigando por bobagem,as familias brigam a toa, deveriamos pensar um pouco ter mais sabedoria e ser unidos, aprender a dizer eu tiamooooooo !!porque tudo passa ou partiremos,entao o que aproveitamos quando estavamos juntos?entao ainda estamos aqui vamos nos amar.A cartnha da dany me chamou atençao!a sua familia realmente é muito unida.,daniella que saudades sua,vc está no meu coraçao!

  7. André 24/01/2011 at 3:11 am #

    Gloria,
    Tenho um recado da Dany para vc, fiz uma viagem astral e me encontrei com ela. Ja tentei diversos ctts com vc.
    Gostaria de passar este recado para vc
    Te admiro muito pela força !!!!!
    Bj
    André
    lisboandre@yahoo.com.br

  8. Patricia 23/12/2010 at 6:49 am #

    que emocionante .lendo as cartinha da Dani parece ate que ela esta aqui ,ela t\’ao carinhosa com os irmaos e com a mae ,sei oque a gloria deve ter sentido por ficar um fim de semana longeda filha muita preocupacao de mae mesmo e a dany sempre tao meiga tao especial amei
    obrigada por nos presentear com esse blog perfeito GLORIA

  9. Arielle Villefort 22/12/2010 at 8:45 pm #

    Fiquei muito emocionada.
    Lindo de se ver e triste lembrar o desfecho trágico de tudo isso. Como minha filha Yasmin postou aqui embaixo, ela nem sempre diz “eu te amo” ou o quanto somos importantes, mas apesar disso é carinhosa e afetuosa demais, sempre dá satisfação de tudo o que faz, é uma menina muito doce e ajuizada, estudiosa, não é de procurar problema, e como ela disse, os protejo debaixo das minhas asas. Sua filha também era um doce mas infelizmente cruzou nas mãos erradas, esse é o grande medo que eu tenho. Isso amedronta qualquer mãe. Fico assustada em pensar na possibilidade de algo assim acontecer com algum dos meus filhos.
    Eu sempre fui fã da Dani e serei eternamente, porque ela era linda, talentosa, especial e me inspirou o nome de minha filha Yasmin. A Dani transmite uma energia tão boa, tão positiva, o sorriso dela transmite luz, eu sinto falta de vê-la na TV e não me conformo até hoje com uma maldade tão grande.

    Grande beijo, tenha um bom Natal.

  10. Luciana 22/12/2010 at 1:00 pm #

    Q linda relação de mãe e filha!
    Me emocionei e ao mesmo tempo ri da última cartinha. Eu falava o mesmo p minha mãe.
    A Dany era uma menina de ouro!
    Como ela faz falta!
    Não a conhecia pessoalmente, mas dava p sentir q ela tinha um coração bom.

  11. Nice Vianna 22/12/2010 at 11:32 am #

    Glória Perez meu anjo:
    Não consegui conter minhas lágrimas. Muito emocionada mesmo. Dany era tão carinhosa. Meus filhos também sempre foram muito amorosos comigo, tenho diversos bilhetinhos deles guardados como toda mamãe coruja.
    Nota-se o quanto tudo isso é doloroso a ti, creio que construir este blog, tanto a parte da pessoa da Dany, quanto do crime, deve ter te custado muita dor, por remexer numa realidade tão cruel. Quem fez isto com a tua filha não é humano, não é gente. Olha-se o corpo daquela linda menina frágil e tão delicada de apenas 22 anos, com o peitoral todo perfurado, o pescoço todo cortado, o rosto machucado… não foi um ser humano quem fez isso, não mesmo. Isso é imperdoável.
    É muita injustiça, vc é uma mulher decente, trabalhadora, que com certeza lutou muito para criar seus filhos, nunca matou ninguém, nunca dilacerou uma família e no entanto vive sofrendo. Sempre que a vejo simpática ou sorridente em algum programa de TV (admiro muito isso), eu olho e penso na dor enorme que sabemos que vc carrega no coração. Creio que essa dor pode ter influenciado e muito no câncer que teve e que guerreiramente venceu. Assim como o pai de Dany teve câncer, mas ele, infelizmente, não conseguiu sair vitorioso. Foi desgosto demais, muita dor, a maior dor do mundo.
    Eu te admiro muito, vc é um exemplo de mãe, mulher, força coragem e determinação.
    O bilhete mais comovente é o que Dany diz que vc não a perderia a vida toda. Dói pensar como não temos a mínima noção do amanhã, quando Dany escreveu isso, com certeza nunca imaginou que tão cedo se separaria da mãe e da vida, para sempre.
    Penso em como deve sofrer também a perda de seu filho Rafinha, não dá para comparar as dores, filho é sempre filho, mas penso que a morte de Dany além de dor, causa tamanha revolta, o Rafinha se foi, mas se foi cercado de amor e carinho, foi cuidado até o último instante e creio que, ele mesmo, já estava “preparado” para o pior. No caso da Dany não, ela era perfeita, saudável, estava vivendo a todo vapor e de repente, alguém a pega e acaba com sua vida através de um punhal. Dany poderia muito bem estar aqui, e ainda, ter te consolado quando o Rafinha se foi desse mundo. Ou melhor, vcs teriam se consolado.
    Está chegando Natal, ano novo, se aproxima aquela data que deve ser tão tenebrosa a vc, 28/12. Glória, eu tenho tanta raiva desses que tiraram a vida da sua filha, porque eu me coloco no seu lugar. Sei que é um péssimo sentimento, raiva, ira, mas eu sinto mesmo e pronto.

    Desejo-lhe um ótimo Natal, perto das pessoas que vc ama. Sei que terá 2 grandes desfalques, mas pense neles hoje como 2 anjos que passaram como um relâmpago por sua vida, mas a fizeram feliz.

  12. Valesca 06/12/2010 at 5:37 pm #

    É tão engraçado ver esses bilhetes,porque eu faço a mesma coisa com minha filha e até hoje ela nunca dormiu fora de casa.
    Não consigo fechar minha porta sem minha filha em casa.
    Mãe de verdade é assim,não tem outro jeito,sempre ficamos aflitas sem os filhos por perto.
    Um beijo Glória.

  13. Yasmin Villefort 01/12/2010 at 12:31 pm #

    Poxa, fiquei emocionada, tadinha, ela era tão família, amava a mãe, os irmão, o marido, a família toda, poxa sempre expressando carinho pra todo mundo, isso me faz pensar sabe, pq às vezes nem sempre eu digo pra minha mãe o qto ela é importante pra mim, ou pro meu pai, meu irmão, embora me dê mt bem com eles, mas às vezes nem expresso tanto. A Dany era amorosa, afetuosa, ñ tinha vergonha de dizer “eu te amo”. Ai eu to aqui com lagrimas nos olhos. Juro. Ela falando que era só um fim de semana, que vc não ia perdê-la a vida toda, poxa, quando que ela, vc, poderiam imaginar o que ia acontecer. Minha mãe protege a mim e meu irmão debaixo das asas dela, estilo vc fazia com os seus filhos, imagino o que passou perdendo 2 filhos, e Dany por uma violência absurda. Imagino que deve ser muito preocupada com o seu filho Rodrigo, e eu fiquei muito feliz de saber que ele já te deu netinhos, que bom que vc teve essa alegria. Vc merece ser feliz, a felicidade possível dentro disso tudo. Bjão.

  14. Dayse Batista 19/11/2010 at 3:02 am #

    Ooooh…
    Querida Glória,
    Minha filha está com 15 anos, completados no Dia da Criança, 12 de outubro.
    Sou separada do pai dela desde os sete meses de idade dela, sou tradutora (inglês), e mesmo que desde cedo ela tivesse começado a passar fins-de-semana com o pai dela, faz muito pouco tempo que comecei a passar fins-de-semana produtivos (isto é, trabalhando, limpando a casa ou vendo amigos).
    O engraçado é que eu dizia a ela: “Vai tranquila, vou aproveitar pra trabalhar”. E aí, quando ela saía, meu coração já apertava e eu passava dois dias inteirinhos inutilizada pea ansiedade e mil visões de tragédias.
    Como é filha única, sou muito grudada nela, mas felizmente minha Letícia (“alegria”) tem muito juízo.
    Glória, esses bilhetinhos da Dany não são o céu e o inferno, um bálsamo e uma faca, tudo ao mesmo tempo?
    Ah, mãe – tu, mãe, pra sempre, nunca perdeste a tua filha, nem ela a ti.
    Beijo.

  15. Saulo 08/11/2010 at 10:27 pm #

    Que maravilha, coisa mais bonita de se ver. Ri muito do bilhete da “chantagem”. Eu também às vezes faço das “minhas”. Sou um pai “moderno”, converso tudo sobre meus filhos e eles me contam coisas dele também, namoro, escola, tudo, mas tenho problemas em das “asas” a eles e minhas “chantagens são piores, digo que não vou dar mesada, que não vou comprar algo que eles querem, coisas assim. E quero sempre saber as pessoas que estão ao redor deles, sei que não posso controlar isso, por isso me esforço para me conter mais. E meus filhos também me escrevem bilhetes que guardo com carinho.
    A parte em que ela diz que vc não a perderia para sempre, realmente é muito tocante. Percebi a família linda e unida que eram. Também tenho uma família muito unida, meus filhos me adoram e me visitam sempre, me dou bem com a minha ex-esposa, mãe deles, e com o atual marido dela, e ela, se dá bem com a minha namorada, muitas vezes saímos todos juntos para jantar. Fora minha mãe, minha irmã… Enfim, eu tenho uma família maravilhosa e tenho consciência disso, e medo de um dia perder isso.
    Daniella tinha muita ternura, muita doçura dentro de si, era realmente linda por dentro e por fora, deu para perceber isso claramente em tudo o que ela escreveu.

  16. Luíza 07/11/2010 at 8:28 pm #

    CHOREI MUITO, TO MUITO EMOCIONADA AQUI, A DANI DIZENDO QUE VC NÃO IRIA PERDÊ-LA PRA SEMPRE, DÁ PRA VER PELA FORMA DELA SE EXPRESSAR COMO ERA DOCE E CARINHOSA, TRANQUILA. GLÓRIA, ESPERO QUE TERMINE LOGO O LIVRO E MOSTRE A TODOS QUEM ERA A DANIELLA PEREZ DE VERDADE, NINGUEM MELHOR NO MUNDO PRA FALAR DELA DO QUE VC. GLÓRIA, VC É MUITO FORTE, NÃO SEI COMO SUPORTOU VER SUA FILHA NAQUELE ESTADO DEPLORÁVEL NO MATAGAL. ODEIO ESSE FALSO CRENTE GUILHERME DE PÁDUA E NÃO TENHO A MENOS VONTADE DE DEIXAR DE ODIAR, ELE NÃO MERECE CONSIDERAÇÃO, É UM MONSTRO. ELE E ESSA INVEJOSA DA PAULA, VCS NUNCA TERÃO PAZ, PQ ESTÃO MARCADOS E ESTIGMATIZADOS PRA SEMPRE. E NÃO É SÓ PQ MATARAM UMA ATRIZ DA GLOBO NÃO, MAS PQ MATARAM UM SER HUMANO, QUE TINHA UMA FAMÍLIA, QUE TINHA SONHOS, QUE TERIA O DIREITO DE TER FILHOS, DE COMETER ERROS E ACERTOS, DE IR AO CINEMA, AO TEATRO, AO RESTAURANTE, A FESTAS, SEM TER MEDO DE NÃO VOLTAR PRA CASA. ELA TINHA O SAGRADO DIREITO A VIDA, REPUDIO TODO ASSASSINO COVARDE.EU ASSIM COMO MUITOS SOU FÃ DA DANIELLA, QUAL O PROBLEMA EM GOSTAR DELA? ELA ERA FAMOSA, ERA ATRIZ, ERA ESSE O OFÍCIO DELA, E COMO TODA ARTISTA, ELA TINHA FÃS, E ALÉM DE ATRIZ, UMA PERFEITA BAILARINA. DIGO ISSO PQ O GUILHERME AS VEZES PARECE SE INCOMODAR PELO FATO DE FÃS DEFENDEREM A DANI E “COMPRAREM” A SUA BRIGA, A SUA LUTA, ALUDINDO ISSO AO FATO DELA E VC SEREM FAMOSAS, ENTÃO COMO ELE EXPLICA AS PESSOAS SE DOEREM POR OUTROS CASOS DE PESSOAS NÃO FAMOSAS. DANI ERA UMA ESTRELA EM ASCENÇÃO E CLARO QUE DÓI VER SEU FUTURO PROFISSIONAL INTERROMPIDO, MAS ACIMA DE TUDO ELA ERA SER HUMANO COM HISTÓRIA, PERSONALIDADE, A DANI ERA CONHECIDA, MORREU ASSASSINADA, NÃO DÁ PRA FINGIR QUE NINGUÉM LIGA OU NINGUÉM SABE DE NADA, COMO SE NADA TIVESSE ACONTECIDO. E COM CERTEZA SE PUDESSE NAQUELE MOMENTO DA TRAGÉDIA DIZER ALGUMA COISA, TERIA GRITADO IMPLORANDO PARA VIVER. MUITA LUZ PARA VC, BEIJOS, TE ADORO.

  17. Megg 13/10/2010 at 3:10 am #

    Esta parte, todas elas, em que falam da figura humana da Daniella, eu gostei muito, foi a parte leve de se ver, foi bom saber mais detalhes da pessoa que ela era, uma menina tão doce, tão amorosa, com uma família tão bem estruturada, foi muito bom saber a pessoa maravilhosa que foi essa jovem tão querida. Uma pessoa do bem. Abraços.

  18. Janaina Pimenta 25/09/2010 at 8:11 pm #

    Legal Palewa , muito legal esta analise!!!

    Gloria Feliz Aniversario!

  19. Palewa Merçon 25/09/2010 at 7:00 pm #

    Eu entendo um pouco de Grafologia e o que pude analisar na letra da Dany é que seu “e” era muito fechado, indicando uma pessoa que tinha a sua opinião e era, algumas vezes, complicada para entender o ponto de vista das outras pessoas. A curva do “m” é menor na segunda volta da letra e isso indica alguém que não tinha grandes preocupações com a forma como era vista pelos outros. O ponto no “i” dela demonstra que tinha atenção aos detalhes. Sua letra era grande e isso manifesta extroversão, liderança e generosidade. A forma como o texto dela aparece, mostra uma pressão forte ao escrever, revelando determinação, alguma agressividade e gostar de levar as coisas a sério. Nos bilhete postados de folhas sem linhas, onde Dany escreveu sobre uma “linha imaginária” e o fez de forma ascendente, aponta para muita energia, otimismo e ambição. A inclinação da letra dela está ligada à extroversão, equilíbrio entre a emoção e a razão, expressividade, orientação para o futuro e sociabilidade. Quanto à forma da sua letra que era redonda é um sinal de cuidado, atenção e precisão, amabilidade e generosidade. Ela tinha um texto com espaços muito idênticos entre margem direita, esquerda, superior e inferior, o que revela que planejava as coisas com antecedência. A barra da letra “t” dela indica que era uma pessoa muito emotiva no relacionamento com os outros. A assinatura dela era com os seus apelidos carinhosos e com “desenhos” acessórios em volta, isso demonstra que era uma pessoa auto-confiante, com uma auto-estima boa. Não é interessante o estudo das letras?

    Quem gosta da Dany deveria add esse perfil:
    http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=1951984187956109195

    Beijo Glória, parabéns!!!

  20. Janaina Pimenta 24/09/2010 at 6:33 pm #

    Chorei lendo o bilhete do final de semana . Meu Deus que menina linda nossa Dany…Dizendo que vc não is ficar sem ela o resto da vira , só um final de semana.. que doido ler este bilhete … lagrimas rolam…. amo vc Dani …hoje e sempre

  21. Aline Conti 24/09/2010 at 8:03 am #

    Gloria,

    Sou eu novamente !!!

    Ontem, postei um comentario e nele acabei desabafando sobre a morte de minha filha também…

    Ao decorrer do dia, relembrando da postagem, me deparei com uma coincidência, o nome da minha filha falecida é … Yasmin.

  22. Aline Conti 23/09/2010 at 12:52 pm #

    Gloria,

    Apesar de eu ser nova, ja tive a experiencia de ter perdido uma filha, e mesmo que nao tenha sido de uma forma tao devastadora quanto a forma com que perdemos a Dani, é muito dificil pra mim; hoje tenho uma filha de 4 anos, que é a razao da minha vida 24 horas, mas, resido no exterior e enquanto nao obtivermos o visto, ela esta sob os cuidados da minha mae.

    Em busca de sites sobre o amor de mae-filha-mae, encontrei me aqui e fiquei feliz, pois sao amores assim que o mundo precisa, hoje tive mais força para continuar a lutar por uma vida melhor para minha pequena Juliana.

    Te digo mais, eu era uma menina quando vi Daniella na TV pela primeira vez, lembro que eu e minhas amigas brigavamos pra ver quem seria a Daniella Perez em nossas brincadeiras, tenho certeza que muitas meninas do fim da decada de 80 e começo dos anos 90 sonharam em ser lindas e talentosas como ela.

    Parabéns por ser uma mae dedicada, fiel, leal e maravilhosa !!!

    Tenha certeza de uma coisa, a vida nao cessa, sua Dani esta viva !!!

    Beijos Enormes…

  23. Bruno Belfort 09/09/2010 at 5:43 pm #

    Confesso que há momentos em que é difícil conter as lágrimas,assim como também há momentos em que risos me saltam de imediato!rsrs…

    Aqui vejo marcas de uma família feliz com traços de um estreitamento quase íntimo com a realidade de tantas outras,cujo amor recíproco e verdadeiro,acompanhado por suas fragilidades e limitações,é a base,a marca,o legado mais bonito de se cultivar.

    Obrigado por compartilhar de todos esses momentos vividos com a Dany por você e toda sua família,Glória,com o acréscimo que você nos dá quando,ao entrarmos em contato com esse acervo de memórias,refletimos sobre o que realmente importa nessa vida tão curta e independente de todos os nossos desejos e sonhos eternos.

    Obrigado pela inspiração e por continuar a inspirar com a mesma motivação pela qual respira.

    Um grande beijo!

    Bruno Belfort

  24. Bruno Belfort 09/09/2010 at 5:42 pm #

    Confesso que tem momentos que é difícil conter as lágrimas,assim como também há momentos em que risos me saltam de imediato!rsrs…

    Vejo marcas de uma família feliz com traços de um estreitamento quase íntimo com a realidade de tantas outras,cujo amor recíproco e verdadeiro,acompanhado por suas fragilidades e limitações,é a base,a marca,o legado mais bonito de se cultivar.

    Obrigado por compartilhar de todos esses momentos vividos com a Dany por você e toda sua família,Glória,com o acréscimo que você nos dá quando,ao entrarmos em contato com esse acervo de memórias,refletimos sobre o que realmente importa nessa vida tão curta e independente de todos os nossos desejos e sonhos eternos.

    Obrigado pela inspiração e por continuar a inspirar com a mesma motivação pela qual respira.

    Um grande beijo!

    Bruno Belfort

  25. cintia morais 22/08/2010 at 10:06 pm #

    Glória mais uma vez vc dividindo seus momentos unicos e agora eternizados com sua Dany,a história de vcs é linda demais para ficar guardada.
    obg.
    bjs!

  26. Andreza Alcantara 14/08/2010 at 3:27 am #

    Poxa, muito meiga e delicada! Que lindo ver isso…

  27. Fabiano Figueiredo 12/08/2010 at 2:49 am #

    Pela sua carta, percebe-se o tipo de mãe extremamente zelosa, protetora e atenciosa que a senhora foi com a sua filha. Uma mãe receosa de que qualquer mal pudesse ocorrer com ela. E percebe-se também o quanto foi horrível para você passar por tudo que você passou e ainda passa desde um crime verdadeiramente monstruoso destruiu a vida de uma atriz tão jovem e promissora como era a sua filha.

  28. Leandro Viana 11/08/2010 at 9:39 pm #

    “Mãe deixa de ser boba, que você não vai perder sua filha pro resto da vida, é só por um fim de semana…” Até me emociono ao saber que somos tão inocentes diante do futuro incerto. É mt triste…

  29. Michelle 24/07/2010 at 11:52 pm #

    Gloria, se eu já te admirava antes, depois de ler esse blog e conhecer a sua história com mais detalhes, passei a te admirar mais e mais. Vc foi uma mãe fantástica para a Dany, uma mulher muito forte, me faltam palavras… Eu tinha somente 12 anos quando tudo aconteceu e me lembro de ter ficado muito chocada. Hoje, com 30 anos e já mamãe de um casal de filhos lindos, não consigo nem imaginar a sua dor. Sinta-se abraçada por mim. Um grande beijo, Michelle.

  30. DORALICE NERES 19/07/2010 at 12:58 am #

    GLORIA EU TAMBEM COMO MILHOES DE FAS GOSTARIA DE VER OS BILHETES PRO MARIDO, SABER COMO FICOU A CASA DELA COM O RAUL, OS PERTENCES DELA… BEIJOS FIQUE COM DEUS

  31. Sandra McPherson 10/07/2010 at 11:34 am #

    Oi Gloria,Acabei de ler os bilhetinhos da Dany,tao lindos,ela tinha tanto amor pra dar,nao era?Voce fez igual a minha mae,so que a minha nao deixou eu ir passar o final de semana fora com umas 30 pessoas,adultos e criancas,pedi ate pra mae de uma amiga vir falar com ela mas ela nao deixou,eu falava a mesma coisa que a Dany,mas nao teve quem fizesse a minha mudar de ideia,ate o portao ela colocou o cadeado com medo que eu fosse as escondidas,eu hein quando eu voltasse pra casa ela me receberia com uma chinela nas maos.Mas foi muito bom ver esses bilhetinhos.
    Beijim

  32. Fernanda Diniz 07/07/2010 at 12:58 am #

    Que emoção ler esses bilhetinhos graciosos…eu ri, quando ela menciona que não vai deixar você Glória, ligar para a mãe da coleguinha dela…São mensagens cheias de carinho. Obrigada pelo presente dado à todos nós.

  33. Thais 01/07/2010 at 6:04 am #

    que pessoa linda, especial a Dani era.. lindo mesmo, o carinho, o afeto, as palavras que ela usava e o modo de se expressar revelam um amor profundo por todos vcs; uma menina linda mesmo, por dentro e por fora, uma estrela, não foi à toa que conquistou o Brasil em tão pouco tempo, talento, determinação, carisma e muita luz ela transmitiu e continua , agora ainda mais, brilhando ao lado de Deus. Estou certa tbm de que a Dani ainda irá abraçar sua mamy querida e todos que amou aqui quando chegar a hora. Adorei ler estes bilhetes, na verdade é difícl hoje em dia se ver tanto amor e carinho. Obrigada, Glória, te amamos também hoje e sempre. Beijo, fica com Deus

  34. andreia 01/07/2010 at 4:01 am #

    estou adorando rever as coizas da dany e as fotos obrigado Gloria por compartihar com nosco os fãs da dany

  35. Vanda 30/06/2010 at 10:27 pm #

    Obrigada por partilhar connosco momentos tão pessoais. São uma bela recordação de uma filha tão querida.
    A verdade é que também tenho a mania dos bilhetinhos e dificuldade em dar “asas” aos meus filhos.
    Lembro-me de ver a novela e já achar a Dani linda e fofinha.
    Foi uma menina muito bem criada, com muita educação, postura e com bons valores morais.
    Estes bilhetinhos demonstram uma família cheia de AMOR.
    Em Portugal não esquecemos a Dani, a Glória , o Raul e todos aqueles que fazem parte deste enredo trágico.
    Apesar de tudo o que passou (e passa, claro está) a Glória é um exemplo para todas as mães do mundo.

    Um abraço,
    Vanda

  36. Myriam (Cynxia) 28/06/2010 at 10:58 am #

    EMOCIONANTE !! OBRIGADA POR COMPARTILHAR CONOSCO!

  37. Gisele 26/06/2010 at 3:37 am #

    Como ela era iluminada, cheia de amor pra dar. Linda por for e mais linda por dentro. Que saudades !!

  38. Ana Priscila Machado 19/06/2010 at 7:37 pm #

    Nossa, maravilhoso a preocupação das duas uma com a outra e da Dany com os irmão, bonito mesmo de ver o respeito entre familiares e do eterno amor de mãe que a Glória ainda sente por Daniella!!!
    Ela foi assassinada um dia depois do meu aniversário e eu lembro muito bem, eu fazia 17 anos, que para mim é o cúmulo do absurdo esse cara está solto, dar entrevistas e ainda por cima dizer que é evangélico, que espécie de testemunho vivo de Cristo, ele dá para Glória e sua família!? Se tivesse mesmo se convertido, ele com vergonha na cara, voltaria para prisão no mínimo e não para terminar o que falta de sentença, mas muito mais, pois tirar a vida de uma pessoa dessa forma e ainda achar que vai morar no céu com Deus, é redículo e absurdo!!!
    Que Deus proteja essa família e que você Glória, tente perdoar, pois a Palavra de Deus manda e merece ser respeitada e obedecida, pois tudo na vida vai passar, mas a Palavra de Deus é eterna, portanto siga o seu caminho com Cristo Jesus, pois o melhor dom da vida, é a salvação da sua alma, pois vida sem Cristo é perdição eterna, pense nisso, ok!!!
    Abraços,
    Deus Abençõe, Priscila- muita fâ de sua linda flha!!!

  39. Ricardo Zanon 19/06/2010 at 4:46 am #

    Quanto coisa linda Gloria. O seu cuidado com a Dany, o carinho dela pelos irmãos, a letrinha dela. É de ficar emocionado mesmo. Muito obrigado por compartilhar isto tudo com a gente.

  40. Renata Rocha 17/06/2010 at 11:32 pm #

    Que coisa linda Glória!!! Fiquei emocionada lendo os bilhetes. De vez enquando também tento fazer umas “chantagens”, mas nem sempre dá certo! :-)))

  41. Vivian 15/06/2010 at 3:21 pm #

    Glória, no bilhete “convite” ela diz : As 17hs estou aqui para te dar aula!” do que era a aula? (alguém sabe?)

  42. Eneida 11/06/2010 at 4:32 am #

    tudo muito LINDO.

    Daniella vive.

  43. Alessandra 11/06/2010 at 4:00 am #

    kkkkkkkkkkkkkkkkk,rindo demais da Dany dizendo que não iria deixar vc ligar para a mãe da amiga dela kkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Muito linda a relação de vcs Glória,e ela continua com vc sempre,ela mesmo escreveu que vc não a perderia,e não perdeu …tem um lindo olhar e sorriso que olha por vc lá do céu,esperando para que um dia possa reencontra-la e abraça-la novamente,e dizendo assim ( pelo que li,ela falará para vc dessa maneira ) :

    ” Mamis,que saudades,ainda bem que vc tá aqui comigo,te amo sempre ”

    Beijos Glória 🙂

  44. Vivian 10/06/2010 at 9:21 pm #

    Ameeeei o seu bilhete pra ela Glória! fazendo chantagem, mães… rs
    E que linda quando ela escreve: “Você não vai perder sua filha pro resto da vida”
    Não mesmo Glória, um dia vcs vão se encontrar, pode ter certeza disso!

  45. Fernanda 10/06/2010 at 5:39 am #

    que graça essas cartinhas, não há dúvida do amor que todos da família sentiam um pelo outro. ao menos a gente vê que esse amor era demonstardo sempre, muitos só dão valor às pessoas depois que elas se vão,mas não foi o que aconteceu nesse caso

  46. Camila 10/06/2010 at 5:01 am #

    Realmente “todas as mães são iguais”. Me identifico com essas cartinhas e pedidos de “liberdade” porque aqui em casa fiz o mesmo com minha mãe.
    Ai, como é bonita a relação mãexfilha. Fico pensando no coraçãozinho da Glória cada vez que pega esses bilhetinhos, pequenas grandes lembranças.
    Na carta a Dany diz que a mãe não a perderia para o resto da vida. E não perdeu. Dany está no céu, está aqui, está no coração da gente.
    E hoje, junto com seu irmão, é um anjinho de Deus..

  47. MARIANA 10/06/2010 at 2:40 am #

    ACHO Q É A PREOCUPAÇÃO DE TODA MÃE! MTO LEGAL VC FALANDO Q ELA PODE FAZER OUTRO PROGRAMA Q VC A LEVA ! DEMAIS !!! E ELA FALANDO DE VC GLORIA Q NAO IA DEIXAR VC LIGAR KKKKK TEMOS VERGONHA MESMO NESSA FASE QUEREMOS MOSTRAR MATURIDADE E OS PAIS NOS VEM PEQUENOS AINDA !
    SEM PALAVRAS PELOS BILHETES ! OBRIGADA

  48. Roberta Cristina 09/06/2010 at 2:33 pm #

    Que barato esses bilhetes!! Muito carinhosos e sinceros. Eu também escrevia muitas cartinhas para a minha mãe, com declarações de amor, desenhos (rsrs). Eu costumava chamá-la de “mãezinha”. Gostei do “mami”, me fez lembrar de um vídeo no qual a Marilu Bueno brincava com a Daniella (“Tá de luto? Mami vai subir a barra do seu vestido”).

  49. Thiago Ribeiro 09/06/2010 at 2:28 pm #

    iupi uahsuhse,que maravvilha,hey e essa ultima ai foi hilaria,Gloria fazendo chantagem foi muito divertido,melhor ainda a daniella respondendo,n tenho palavras,muito bom ler td isso.E qaunto amor hein, como ela mesma escreveu,vc nunca a perderá.bjo

  50. Ana Guimarães 09/06/2010 at 12:47 pm #

    hahah, que legal!!!!
    A relação de vcs duas era muito,muito especial…que benção de Deus, Glória!!!!!
    Gostaria que minhas duas filhas aindas pequenas tb tivessem essa mesam visão de mim e eu delas….seria maravilhoso…
    estou muito orgulhosa de vc como mãe, eu já sabia que vc era uma mãe mais espetacular, mas é muito bom conhecer a mãe da Dany, enquanto ela estava aqui nesse mundo.
    Parabéns Glória, construiu uma bela história

Leave a Reply

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes