Afinal, porque esse capítulo?

 1993-Agenda de Dany e minha agenda

Num processo criminal, a pessoa é destituída de sua identidade: torna-se  “a vítima”, o cadaver de um homem, mulher ou criança, de tantos anos, tanto de peso, tanto de altura. Sua humanidade se dilui nas páginas dos autos. A vítima não fala por si: a impressão que ela causa aos juízes, aos jurados e ao público, nasce a partir de descrições alheias, e não diretamente, mas através da linguagem fria e tecnica dos  legistas e dos escrivãos de polícia e de justiça.

Por outro lado, se o crime é de grande repercussão, o imaginário popular se apropria dela, e a inventa e reinventa, ao sabor das fantasias de cada um: não há limites, porque o limite seria dado pela existência real, e não há mais existencia.

Esse capítulo tem o sentido de resgatar a humanidade de Dany. Aqui eu vou compartilhar fotografias, escritos, videos caseiros, pequenos detalhes de sua vidinha cotidiana. Não é  espaço para falar da bailarina nem da atriz, mas da menina que nasceu de mim,  cresceu protegida pelas minhas asas de mãe, da moça que ela se tornou,  afetuosa e amiga. Eu vou falar de Dany , a irmã do Rodrigo e do Rafa, neta do Miguel, da Guguta e da Zuleika,  sobrinha do Saulo, prima da Babi, do Henrique, do Paulo e do Marquinhos, afilhada do tio Wilson e da tia Noca. Filha – minha e do Luis Carlos.

.

fechamento da novela De Corpo e Alma, na voz de Stenio Garcia

Compartilhe
Share on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on LinkedIn0Email this to someone

145 Responses to Afinal, porque esse capítulo?

  1. Megg 28/11/2010 at 5:01 pm #

    Essa carta escrita pela Danielle Faria muito tocante, emociona bastante, escreve muito bem.

  2. Danielle Faria 27/11/2010 at 5:05 pm #

    Poderia até explicar o contexto, mas é uma explicação longa demais.
    Esse comentário, na verdade, é uma carta endereçada a Dany. Espaço mais apropriado que esse para deixar a carta não há.

    Querida Dany,

    Há tempos quero escrever-lhe, mas aconteceram tantos episódios depois daquele dia. As nuvens ficaram cinzentas, as princesas desapareceram e o universo fantasioso, onde eu vivia submersa, necrosou… Foi tudo tão confuso!
    Sabe Dany, fiquei verdadeiramente perdida e criei várias teorias na tentativa vã de explicar o porquê da crueldade que fizeram a você. A razão era persistente e até teorizava em demasia, mas meu coração refutava qualquer tese. Desculpe minha reclusão e meu silêncio necessário.

    Depois daquele dia…
    Depois de ter experimentado o gosto amargo das lágrimas, voltei a brincar de faz de conta.

    Se essas palavras tivessem sido escritas de imediato, ainda seria criança e, sem dúvida, contaria a novidade do faz de conta erguendo-me na ponta dos pés para alcançar seu ouvido e diria cochichando – aquele cochicho que só a criança acredita que os outros não estão ouvindo, porque a voz é tão “baixa” quanto um grito – Diria: “Dany, hoje consegui brincar de faz de conta… A Yasmin bateu no personagem-assassino e ele não faz parte da novela… Eu, brincando de ser Yasmin, o expulsei e agora você pode dançar. Mas aqui, não conta para minha mãe… Ficaria de castigo por bater em alguém”. Falaria isso aos oito/nove anos, Dany. Agora é um pouco tarde para cochichar, mas sim, voltei a sorrir.
    Penso que essa notícia a deixará contente porque a tristeza não me consumiu e não consumiu muitos que você ama.
    Na verdade, o ser humano tem uma capacidade incrível de transformar a tragédia em força para seguir adiante!
    Tenho certeza que compreende essa força mais do que minhas palavras dão conta de explicar. Veja sua mãe. Fez um blog – que você, indubitavelmente, conhece. Mesmo em momento de extrema dor ela lutou… Foi corajosa! Denunciou, mobilizou e deu à luz a primeira emenda popular da História do Brasil. Agora, ladrões de vidas não ficam passeando por ai a espera de julgamento. São presos!
    As pessoas te amam e sentem sua falta… Eu também…

    Sinto tanto Dany! Sinto muito pelo o que aconteceu… Por terem roubado os seus sonhos, levado seu sorriso, silenciado sua voz… Seu grito! Queria eu estar lá… Queria eu mudar a direção do punhal e jogá-lo no vazio!
    Se eu estivesse lá… Se tantos outros que a amam estivessem, soubessem… A história seria outra.
    Infelizmente, essa história já está escrita, Dany. E sabemos que o “SE” só paralisa, sucumbe, perece… É como patinar num tremedal. Faz-se um esforço imensurável para sair do lugar e o resultado é afundar ainda mais.
    A história está escrita e sigo adiante… Crescida demais para fazer de conta, mas madura o suficiente para compreender os fatos.
    Existem tantas perguntas que queria fazer, tantos fatos que queria saber, mas em momento oportuno pergunto pessoalmente.
    Se me permite… Só uma pergunta: que música mais gosta de dançar neste novo palco? É que daqui o som é inaudível e meu olhar não consegue acompanhar os passos da bailarina.
    Saudade!
    Abraços e até logo!
    Dani.

  3. indira 14/11/2010 at 12:38 am #

    gloria nao demore mais pra atualizar o blog. ta dificil esperar mais. posta uma coisinha só. por favor. estamos ansiosos

  4. Danielle Faria 10/11/2010 at 1:48 am #

    Obrigada por esse espaço Glória!
    Quando o coração aperta sei que, de alguma forma, encontro a Dany aqui. Ela está viva nas minhas lembranças!

  5. Polyana Marques 30/10/2010 at 3:49 am #

    A casa vazia. A lembrança do cheiro do bebê que saiu de você, que você amou, cuidou, protegeu. Imagino que tudo muda, não há lugar para onde ir, não há nada que traga aquela sensação de felicidade completa. Não há nada que preencha esse vazio. Parabéns pela sua luta para tornar esse país mais seguro para os nossos filhos. Eu tenho certeza que ela está em um lugar muito melhor e está muito feliz.

  6. Thali 12/10/2010 at 4:42 am #

    Nossa, não me pergunte como, mas hoje, tava vendo umas coisas na internet e achei esse site. Li cada pedacinho dele. Na época da morte da Dany eu tinha apenas 6 anos, eu era apaixonada pela personagem dela na novela e fiquei muito triste quando soube o que tinha acontecido a Dany,foi uma das coisas q mais marcou minha infância, sentia como se ela fizesse parte de minha vida. Na noite que soube de sua morte não consegui dormi, tive um pesadelo com ela, não lembro direito exatamente o que foi, mas lembro de acordar de madrugada apavorada.
    Todos nós perdemos com a morte prematura dela, principalmente aqueles, que como eu, não a conheceram e não tiveram o prazer de conviver com ela!
    Ela deixou saudades!!!

  7. Palewa Merçon 07/10/2010 at 5:26 am #

    Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça…

    http://fotolog.terra.com.br/daniellaperez:2116

  8. Vanessa 03/10/2010 at 10:28 pm #

    Eu tinha 2 anos quando a Dany morreu,mas minha irmã mais velha sempre que via falar da Glória Perez falava pra mim sobre uma atriz linda que tinha morrido.Ate então, eu achava que era uma mulher e que havia sofrido um sequestro ou então q tentaram assalta-la e ela havia sido morta,ate que eu resolvi pesquizar sobre essa Daniella Perez que minha irmã falava que era linda,quando eu vi a foto da Daniella,eu me encantei,ela não era como eu imaginei,pra mim não era uma mulher,era uma menina e como eu tbm sou uma moça mais nova um pouquinho q ela logo me identifiquei,achei a Dany uma pessoa mais que linda,super fofa,carismática,então resolvi ler sobre a morte dela e fiquei horrorizada,eu pensei muito na Dany em todo sofrimento q ela deve ter passado,cada coisa q lia sobre ela eu recriava em minha cabeça,quando soube q ela foi morta sem um motivo q tivesse coerencia e por um colega de trabalho , eu fiquei espantada de a minha irmã não ter me contado esse detalhe tão chocante,o caso dela mecheu muito comigo emocionalmente ,tanto que comecei a pensar como deve ser uma pessoa que tem a coragem de cometer uma monstruosidade dessa.Estou estudando e fazendo um trabalho sobre a psicopatia pq sou estudante de psicologia e penso muito muito mesmo da Dany as vezes,gosto tanto do jeito dela,eu não queria q ela tivesse morrido 🙁 eu tbm gosto de dança,musica e teatro e gosto muito de ver videos da Daniella dançando.Eu não vejo a Dany como “a vítima” , agora eu a vejo como uma pessoa cheia de sonhos,de vida,de alegria que teve tudo isso interrompido.Que Deus possa te abençoar sempre,pq vc é mais do que uma vencedora por ter superado tudo isso Glória =)

    Antes eu nem conhecia,antes nem mesmo tinha ouvido falar,mas agora já amo a Dany ♥

  9. Palewa Merçon 16/09/2010 at 7:03 pm #

    Glória, lembro-me como se fosse ontem dessa tragédia da Daniella. Foi tudo muito mórbido, triste e violento. Nunca vou me esquecer do rostinho meigo dela e, em contraste, do seu cadáver jogado no matagal. Como puderam assassiná-la com tantos requintes de crueldade e tanta covardia? Não dá para esquecer mesmo!
    Este orkut aqui é da Dany, tem tudo sobre a vida e morte dela, e te ajuda muito a mostrar a realidade tão triste por trás desse crime bárbaro, tudo muito bem explicado e com detalhes:

    http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=1951984187956109195

    Beijo!

  10. Ana Clara 16/09/2010 at 4:42 pm #

    Glória,por favor,atualiza o blog da Dany..Mil beijos para vc!!

  11. Fernanda 15/09/2010 at 4:51 pm #

    Todo dia leio um pouquinho do seu blog e leio reportagens da época que tudo aconteceu… a justiça de Deus não vai falhar nunca. Os psicopatas estão livres nas ruas, mas sempre serão hostilizados e odiados por onde passarem. Isso já é um tipo de punição. Guilherme e Paula – monstros covardes, como eu os odeio. Daniella é um anjo de luz. Glória vc é um exemplo… Como pode existir alguém tão forte como vc? bjs

  12. veronica benitah 08/09/2010 at 5:15 pm #

    Glória não suporto quando alguem comenta q a Dane tinha algo com o canalha do Guilherme e quando leio alguns comentarios falando q vc quer se promover com a morte da sua filha.Um dia olhando em comunidades para orkut,fiquei enojada com pessoas q criam comunidades falando mal de Jesus Cristo,nem ele se livra dos imundos!Eu gostaria de ter a sua força,pq não sei se seria capaz de aguentar pessoas mal informadas q falam tantas bobagens,acredite são uma minoria.O bem sempre vence e nós q admiramos vc e sua filha somos a maioria.

    O sábio fala pq tem alguma coisa a dizer,o tolo pq tem q falar alguma coisa.

  13. Palewa Merçon 22/08/2010 at 10:30 pm #

    Olhamos esses vídeos e fotos da DANY e é difícil de acreditar ainda que ela esteja morta… era tão linda, talentosa, jovem e simples, não merecia ter tido um fim tão trágico.

  14. Danielle 12/08/2010 at 3:32 am #

    Ontem não consegui dormir depois de postar uma mensagem aqui no blog. Não conhecia esse espaço e só tive acesso ao mesmo porque a Glória escreveu uma mensagem no twitter.
    Chorei muito porque ao assistir os vídeos, ver as fotos e os recados que a Dany escreveu, muitas lembranças reapareceram.

    Hoje, por volta de onze horas, perguntei a minha mãe qual foi minha reação quando anunciaram a morte da Daniella. Fiquei surpresa diante da resposta… Quantas lembranças recalquei!

    Escrevo estas palavras porque imagino que você, Glória, gostaria de ler…
    Não é minha intenção que elas sejam publicadas. Afinal, esse é um espaço da Daniella e eu escrevo minha história… O encontro da história da Daniella com a vida da Danielle.

    Uma caixa, uma foto e um batom vermelho:

    Brincava de ser Yasmin…
    Todos os dias a novela “De Corpo e Alma” era “reeditada” pelas minhas primas e eu ao brincar de faz-de-conta.
    Certo dia, Yasmin desapareceu das cenas da novela e minha capacidade de “reeditar” se foi.

    Aos nove anos já compreendia que a Yasmin era a personagem interpretada pela atriz Daniella. Se a Yasmin ganhou vida pela interpretação da Daniella e a vida da Daniella foi roubada, logo as duas se foram. Este foi meu raciocínio.

    De acordo com minha mãe, fiquei apática durante dias e escutava incessantemente a música internacional da personagem Yasmin. Recusava os convites das minhas primas para brincar de faz-de-conta, alegando que não conseguia FAZER DE CONTA que a Daniella estava viva quando na verdade tinha sido furada por golpes de tesoura – segundo minha mãe, essas foram minhas palavras.
    Todos os dias levava para escola uma foto-poster da Daniella. Atrás da fotografia estava escrito: “Para minha xará, um beijo carinhoso. Adorei conhecer você!”
    Como eu queria que essas palavras fossem reais! Mas elas não eram… Fui eu quem as escreveu.
    Assim que descobriram minha “farsa”, fiquei alguns dias sem recreio. Na época, não consegui argumentar e nem tinha entendimento para tanto, mas a “farsa” era para amenizar o impacto que a morte da Daniella provocou… Era a tentativa de vivenciar o que jamais teria chance de experimentar porque ela tinha partido.

    Depois deste fato, existe uma lacuna e não recordo de como reagi e/ou quando retomei as brincadeiras de faz-de-conta.

    Motivada pelo comentário que postei no blog ontem, abri uma caixa de guardados e encontrei, dentre outras recordações, a foto da Daniella com minha escrita atrás. Achei, também, uma foto minha usando um batom vermelho imitando a posição da Dany na foto-poster. E, por último, li um papel com as seguintes palavras: “Também adorei conhecer você Daniella! Você é linda! Tenho saudade!” (palavras escritas por mim… Não havia data).

    Muitas perguntas nunca terão respostas… Tantos anos se passaram, mas foi no dia do aniversário da Dany, no ano de 2010, que muitas lembranças foram resgatadas. Uma coisa é certa e não mudou: “Adorei conhecer você Daniella! Você é linda! Tenho saudade!”
    Sinto saudade do que não vivi…

    Danielle Faria.

  15. Janeth sg 12/08/2010 at 1:12 am #

    ola Gloria,q Deus continue te dando paz e coragem,vc é uma mulher guerreira,q serve de exemplo pra mtos! lembro-me como se fosse hoje aquela reportagm q deixou o mundo inteiro em choque! ela fazia parte d cada um de nós,pois ao ver ela nas novelas aprendemos a gostar e admirar e respeitar aquela pessoa msmo desconhecida pra nós fãs tinhamos um carinho especial por dani,ela fazia parte dos nossos dias,aguardavamos ansiosos cada capitulo da novela,quand derrepente sem explicaçao ficamos aterrorizados com aquela noticia,mas o q eu assim como mtos dos seus fãs queria entender pq? pq alguem faria aquela monstruosiade com outra pessoa ainda mais sendo colega de trabalho… ficamos perplexos e confusos,pois aquilo mais parecia cenas da novela do q na vida real,lembro q eu chorrava mto e tbm quando vi o RAUL chorrando desesperado pela morte da dani,dai q fomos ver q nao era cenas da novela e sim uma cena da vida real, q o autor se achou no direito de tirar de todos aquela pessoa querida q tantos amavam,é mto dificil entender oq pode passar na cabeça de uma pessoa capaz de tirar a vida d um ser humano,me faço essa pergunta cada vez q vjo um caso desses assim como tantos outros!mas.. o q mais nos deixar tristes é saber q hje se mata gente como se mata mosquito,o mundo mais parece um matadouro nos dias de hje,onde se mata ate por prazer de ver o outro cair! tenho 2filhos e sempre ensinei a eles o valor da vida,acho q a vida esta completamente banalizada,vale tao pouco pra alguns quanto alguns miseros centavos. sou uma pessoa humilde mas nao me envergonho disso,pois aprendi q o seu valor de cada um nao esta na sua conta bancaria e sim no interior de cada um,e se tem uma coisa pela qual posso me orgulhar e ser uma pessoa simples,porem,honrada!pelo menos nunca passei por cima de ninguem pra ter riquezas,tenho karater,talves o mesmo karater q o guilherme de Padua nao aprendeu a ter,ele com certeza matou por ganancia e inveja,com certeza dani foi morta pq causava inveja! obrigado dani por vc ter nos dado tantos dias de alegria nas nossas telinhas e q Deus tenha piedade desta criatura chamada Guilherme de Padua,pois as contas q ele tem pra acertar com Deus sera longa e isso nos conforta! pq a justiça dos homems pode falhar como no caso desta criatura q hoje tai solto,mas na de Deus dificilmente ele escapara.bjosss

  16. Vivian 11/08/2010 at 4:28 pm #

    Hoje a Dany completaria 40 anos de idade!! Imagino que se ela estivesse aqui, faria uma festa p/ comemorar, com muita alegria, mta música e mta dança. Assim era ela. Tenho certeza que no Céu, os anjinhos estarão festejando com ela. Parabens. Saudades Dany.

  17. Danielle 11/08/2010 at 6:22 am #

    Tinha nove anos…
    Era um dia ensolarado na cidade de Arcos, interior de Minas Gerais.
    Lembro que gostava de deitar no quintal e observar as nuvens que, cuidadosamente, desenhavam o céu.
    Enquanto fantasiava sobre princesas, castelos, dragões – inspirada pelos movimentos das nuvens -, o lado mais sombrio do ser humano me foi apresentado por duas pessoas: Guilherme de Pádua e Paula Thomaz.
    Ouvi minha prima gritar: “Dani, a Daniella Perez morreu!”.
    – Morreu? Como assim morreu? Estava doente? Assistimos ela na televisão ontem! Respondi.
    Nesta época, minhas primas e eu brincávamos de interpretar. Em função da semelhança dos nossos nomes, sempre fazia a personagem da Daniella da novela “De corpo e Alma”.

    Foi tudo confuso, doloroso demais…
    Recordo que chorei o dia todo e me escondi entre as árvores do quintal com uma foto da Daniella nas mãos.
    Ninguém compreendia o motivo de tantas lágrimas! Hoje consigo explicar porque chorei.
    Naquele dia, tiraram de mim meus castelos e minhas princesas. A crueldade deixou de ser abstrata e ganhou significado.
    Uma vida interrompida… Não porque o corpo adoeceu! Não por acidente! Um ser humano decidiu que o outro não poderia mais viver. É difícil compreender isso quando se tem nove anos! Na verdade, ainda não compreendo.
    A Daniella partiu levando com ela um mundo em que o mal não existia… O mundo em que eu habitava.
    Cresci assistindo a impunidade.

    Ainda hoje, quando olho as nuvens, lembro da Daniella com muito carinho.
    Danielle Faria.

  18. Tattoo Removal 29/07/2010 at 11:03 pm #

    Gracias por compartir su maestría en esta área. Hay mucho Info inútil en esto que flota alrededor y aprecio su trabajo duro.

  19. andreia 24/07/2010 at 8:34 pm #

    a vc dany só tenho a dizer uma coiza saudades muitas,um dia todos nos iremos nos encontrar beijo grande onde quer que vc esteja te amo pra sempre bonequinha

  20. New York receptionist position 20/07/2010 at 1:25 am #

    These tips are so true

  21. Air Plane Tickets 16/07/2010 at 5:04 am #

    Thanks very good for report, I follow your blog:-)

  22. Valesca 15/07/2010 at 12:26 am #

    Não canso de vir aqui,rever esses momentos e matar um pouquinho da saudade que ela deixou…A Dany era um encanto!!!
    Imagino que para vc,pode passar o tempo que for,a dor e a angústia sentida naquela trágica noite,quando vc encontrou sua filha sem vida é a mesma..Como mãe, peço a Deus que proporcione um dia,em algum lugar,um belo reencontro para vcs,onde de fato vcs possam dançar e serem felizes novamente. Adoroooo vc!

  23. jamile evolla 13/07/2010 at 2:51 am #

    boa noite!desculpe! esse vídeo mexe muito com o coração e a alma da gente..tenha certeza que sua filha esta muito bem..que eĺa te ama..e esta sempre ao seu lado..infelizmente aconteceu esse fato tão doloroso é duro para uma mãe perder seu bem mais precioso..ela é uma jóia!menina linda é que por crueldade de dois seres desiquilibrados…tiraram a vida e a paz de uma família..mais sei que a senhora hoje não tem ódio em seu coração..e Deus que tudo sabe e tudo ver te dar o conforto e a coragem pra levar alegria a tanta gente..parabéns!!!! pela pessoa e profissional que a senhora é …desculpa! que DEUS E OS ANJOS TE ILUMINE HOJE E SEMPRE!muita paz…

  24. jamile evolla 13/07/2010 at 2:39 am #

    Sou algo mais do que isto,
    Do que cérebro e coração,
    Não sou apenas matéria,
    Que cumpre sua função.

    Sou centelha, sou etéreo,
    Sou Espírito imortal,
    Sou alguém travando luta,
    No meio do bem e do mal.

    Sou viajante do tempo,
    Nesta grande nave Terra,
    Já tive tempos de paz,
    Já tive tempos de guerra.

    No grande palco da vida,
    Fui mendigo e doutor,
    Apanhei no pelourinho,
    E matei quando senhor.

    Lavei as mãos com Pilatos,
    E gritei por Barrabás,
    Virei as costas ao Mestre,
    Sem voltar-me para trás.

    Hoje sou o resultado,
    Das vivências do passado,
    Trago agora a certeza:
    Sou um ser reencarnado

  25. Valeria Sousa 01/07/2010 at 10:37 am #

    Amei encontra coisas tao detalhada sobre Daniele,,pois eu a companhava desde de barriga de aluguel..voce faz bem ao fazer espaco da saudade e da lembraca..e lutar com toda essa garra que deus te der muita forca para isso

  26. rosana 29/06/2010 at 3:03 am #

    Gloria
    Sempre venho aqui no seu blog e leio estas paginas e saio daqui com tanta tristeza.
    Dai, posso imaginar a sua… e infinita….
    Como se supera uma dor, essa tamanha que tem cor se sangue, assim como derepente….tomam de você…carne de minha carne.
    Ah! como poderia ser diferente, tomaram como um assalto parte de sua vida uma parte do seu ventre.
    Fico pensando nessas divindades , no terrivel dia do assasinato de sua filha, você tão mão tão ligada a ela não sentiu nada diferente? não teve um mal pressagio,um pesadelo, passou o dia pensando em sua filha??

  27. Camile 28/06/2010 at 7:08 pm #

    Lembro da Yasmin que eu amava em 93, com meus 9 anos. Lembro das fotos que colecionava e da tristeza profunda de fa que senti quando ela se foi. Mas hoje, 18 anos depois e como mae de uma menina, sinto sua dor, Gloria.
    Que Deus te ilumine, querida. A sua Dany eh uma estrela.

  28. Myriam (Cynxia) 28/06/2010 at 10:28 am #

    GLÓRIA, PARABÉNS PELA INICIATIVA!

  29. Gisele 26/06/2010 at 4:25 am #

    Glória foi lindo demais o que vc escreveu! Emocionante! Foram palavras vindas do coração, tenho certeza. Só quem passa por isso é capaz de imaginar tamanha tristeza em perder um filho(a), ainda mais sendo de forma tão cruel. A Dany era especial demais, iluminada.Não me canso nunca de passar por aqui, para ver um pouquinho da Dany.
    Eu te admiro muito tb Glória!

  30. Jana Lauxen 16/06/2010 at 1:55 am #

    Olá Glória, boa noite!
    Escrevo, primeiramente, para dizer que este blogue está incrível.
    Acho muito importante o trabalho que você faz enquanto cidadã, que luta por justiça, pelos seus direitos mais básicos.
    Quantos coros de vozes você já ajudou a endossar, na sua batalha diária?
    Eu te admiro muito.
    Pelo seu trabalho enquanto escritora, é claro que sim, mas mais ainda pelo seu trabalho enquanto pessoa, mãe, cidadã. Pois você poderia simplesmente ter se calado, e ficado com a sua dor, mas não.
    Por isso tomo a coragem de, despretensiosamente, perguntar se você poderia me conceder uma pequena entrevista por e-mail, para falar sobre este blogue, sobre a emenda popular que encabeçou, e sobre como as pessoas, vitimadas por criminosos, acabam virando apenas A Vítima, e deixam de ser alguém, com personalidade, individualidade, sonhos e projetos – isto arrepiou.
    Não sei se é possível, nem se possui o desejo de falar sobre este assunto.
    Mas, se puder, ficaria imensamente feliz e honrada.
    Qualquer coisa meu e-mail é 3am.jana@gmail.com.
    Um beijo muito grande.
    Jana
    😉

  31. Valesca 15/06/2010 at 5:01 pm #

    Que saudades da Dany.
    Que menina encantadora ela foi..Uma perda inreparável.

  32. Cássio Murilo 10/06/2010 at 10:51 pm #

    Na época que aconteceu a tragédia com essa menina eu era um garoto de 15 anos. Os detalhes e perversidade do crime me deixaram mal por um bom tempo.

    Vendo esses vídeos e fotos postados pela Glória a insatisfação com toda essa besteira gratuita que aconteceu só aumenta.

    Se eu trombasse aqueles dois assassinos inúteis na rua, faria deles um belo salame fatiado!

    Ralaria eles sem dó.

  33. Mara Ligia 08/06/2010 at 10:01 pm #

    Putz, a gente vê a agenda e percebe o quanto ela tinha sede de viver, estava feliz e vem um verme daquele fazer o que fez, é revoltante, e é difícil, muito difícil saber que ele continua por ai numa “boa”….Dói!

  34. Ingrid Ferreira Silva 08/06/2010 at 2:04 am #

    Me emocionou o fechamento De Corpo e Alma, as belas palavras de uma mãe que perdeu sua filha precocemente.Me emocionou também por eu ter perdido, fará um ano agora em junho, minha única amiga com 20 anos de idade que sofreu um cancêr de mama e as palavras expressarem tudo aquilo que eu acredito.Glória querida força sempre,eu era bem pequena tinha apenas 6 anos quando aconteceu, e já tinha o grande sonho de ser atriz,hoje estou estudando teatro em Fortaleza e buscando torná-lo real,e ao assistir a novela eu queria ser como ela atriz,bailarina e linda.Minha mãe engravidou naquela época e permitiu que eu escolhece o nome de minha irmã,sem dúvida pulei e disse Yasmin eu ainda não entendia o porque de tanta maldade,mas já tive o garnde desejo de homenageá-la.Grande abraço…

  35. Eneida 07/06/2010 at 2:16 pm #

    Glória, coloca mais algumas coisas! =)

    Adoramos tudo!

  36. Patrícia Melo 06/06/2010 at 11:40 am #

    Você é uma mulher iluminada e sua filha nunca será esquecida. Tenho fé que Deus dará o pagamento aos assassinos de sua filha, algum dia aqueles dois miseráveis irão pagar pelo que fizeram a ela. Que Deus abançoe você pelo ser humano maravilhoso que você é. Sou sua fã e também acompanhei a carreira da sua filha Dany, muito amor pra você e muita luz para sua querida filha.

    beijos

  37. César Perez 06/06/2010 at 3:45 am #

    a Dany sempre será lembrada por mim como a minha atriz predileta da minha infância, começei a me apaixonar por novelas vendo ela atuando em ” o dono do mundo” e em seguida em “de corpo e alma”.
    nunca a esquecerei, nem eu e nem milhares de fãns e onde elaestiver ela vai estar olhando por vc gloria, e tb olhando pra todos aqueles q sempre a amaram
    bjssss
    e continue sendo essa mulher corajosa, guerreira e forte q vc sempre foi
    ^^

  38. Vivian 05/06/2010 at 4:36 pm #

    Tinha 12 anos quando aconteceu o crime. Era apaixonada pela personagem Yasmim e não perdia um só capítulo. Adovara ver a dança dela, o jeitinho. E guardo minhas fotos daquela época fazendo as mesmas poses da Dany, de fotos dela que eu recortava e guardava.
    Era novinha, mas lembro como se fosse hoje, aquele 28 de Dezembro de 1992…

  39. marcia regina 04/06/2010 at 10:37 pm #

    OI GLORIA SOU SUA FA E SEMPRE TE ACOMPANHO EM TUDO , ATE HOJE DOI SABER O QUE ACONTECEU COM A LINDA DANY,ESTOU ANSIOSA PELO LIVRO,E NUNCA VOU ACEITAR QUE AQUELES ASSASSINOS ESTOU POR AI VIVENDO A VIDA E A DANY SEM A DELA. O ASSASSINO SERA SEMPRE , ETERNAMENTE ASSASSINO ,E A DANY SEMPRE SERA LEMBRADA E MUITO AMADA,E ESSE BLOG E UM SONHO PARA NOS QUE NUNCA ACEITAREMOS COMO PERDEMOS A DANIELLA ,ADIMIRO SUA FORÇA DE GUERREIRA BJS…

  40. Ricardo Cunha 04/06/2010 at 5:51 am #

    Gloria
    Gostei muito deste capitulo me fez volta ao passado e como tudo podia ser diferente em questão de segundos .Adorei conhece mais a Dani e admiro muito sua luta .Oque posso te dizer que Deus esta vendo tudo sempre .Agradeço pode dividir esses momentos com seus fãs que te admira esta nesta luta com vc
    Ricardo

  41. Ana Guimarães 03/06/2010 at 3:58 pm #

    Glória, pra mim esse é o capítulo mais importante, no quesito “fazer justiça”.
    Porque ao conhecer a pessoa Daniella, fica cada vez mais evidente as mentiras que o assassino contou para tentar se safar…e torna o crime ainda mais hediondo…..
    como vc consegue, meu Deus, se manter em pé….só com muita luz…..
    É imprecíndivel esse capítulo.

  42. Hélton carlos 02/06/2010 at 7:04 pm #

    vi no youtube a ultima entrevista de sua filha, Daniella.culta , inteligentíssima sei que ficara viva no seu coração e de quem a mama.
    um abraço Glória Perez que DEUS te abençoe

  43. Adriana 02/06/2010 at 6:12 pm #

    Amei a notícia Glória! Até hoje fico imaginando como seria a Dani em família, porque até então nós conhecíamos a atriz, a bailarina, a vítima, a amante manipuladora que esse assassino tentou criar, mas não conhecemos a verdadeira Daniella que cresceu e foi amada por uma família e por amigos! Vou, com certeza, passar por aqui todos os dias para conhecê-la um pouquinho mais! Um abraço!

  44. Eneida 02/06/2010 at 5:17 pm #

    Obrigada.

    Queremos ver tudo. =) Todos nós gostávamos dela.

  45. Ana Guimarães 02/06/2010 at 5:03 pm #

    A Dany, sua filha, sua amiga. A Dany neta, a Dany prima, a Dany sobrinha, a Dany irmã, a Dany esposa, a Dany amiga…..antes de ser a Dany atriz, a Dany pública.
    Esse sofrimento ninguém nunca conseguirá imaginar, de perder a pessoa que mais amamos, que mais protegemos, a qual sonhamos os sonhos mais lindos, o futuro mais belo.
    A noite em que aqueles dois assassinos atropelaram o futuro da Dany e tiraram de vc e de todos que a amavam verdadeiramente o direito de continuar convivendo com ela, não pode ser jamais esquecido.

  46. Roberta 02/06/2010 at 2:44 pm #

    Triste, revoltante, não tenho palavras para expressar … lembro-me perfeitamente da manhã de 29 de dezembro de 1992, quando peguei o jornal e vi o crime bárbaro que tinha acontecido … hj abri o jornal e vi na primeira página a cara do assassino estampada, pedindo perdão, a Glória Perez, é inacreditável !!!! REVOLTANTE …

  47. Érica 02/06/2010 at 1:52 pm #

    Infelizmente a legislação penal no Brasil permite que assassinos cumpram um tempo insignificante na prisão.

    Caso o crime tivesse ocorrido nos Estados Unidos, os assassinos de Daniela Perez e tantas outras vítimas anônimas, estariam cumprindo prisão perpétua, no mínimo.

    Enquanto não for mudada a legislação penal não podemos pensar, enquanto nação, em entrar no primeiro mundo.

    O fato de uma pessoa entregar sua vida a Cristo não a isenta de cumprir sua obrigação com a sociedade, no caso presente, ficar preso de acordo com a gravidade do ato praticado. Homicídios deveriam ter penas duras, sem direito à liberdade condicional e progressão de regime. 30 anos deveriam ser 30 anos exatos.

    A legislação penal olha sob o prisma do criminoso, beneficiando-o de todas as formas possíveis, enquanto que a visão correta seria a da vítima e de sua família.

    Talvez devêssemos começar a processar o Poder Legislativo, responsabilizando-o por todos aqueles que gozam de benefícios, como indultos de Natal, e continuam praticando seus crimes bárbaros.

    Glória Perez, voçê tem voz e é bem conhecida. A luta pela mudança na legislação penal envolve ainda muitos aspectos injustos e permissivos, que afrontam diretamente o direito das vítimas e de seus familiares.

    Precisamos nos unir e mudar a cara desse país, valorizando a vida humana, em vez de valorizar aquele que a tira cruelmente.

  48. Tainara 02/06/2010 at 1:48 pm #

    Glória Perez, parabéns pelo síte !

    O video realmente é muito emocionante.
    Admiro profundamente a força que você sempre teve.
    Beijos e Abraços
    Tainara.

  49. Renata Rocha 02/06/2010 at 1:04 pm #

    Que lindo o que você escreveu Glória, fiquei emocionada. E pode ter certeza que assim como você quer compartilhar, eu e milhares de pessoas que amavam e, ainda amam a Danny, estaremos ansiosos, esperando por cada foto, vídeo ou informação que você postar.

  50. Fernanda 02/06/2010 at 12:23 pm #

    Esse vídeo é de amolecer o até o coração mais duro. difícil de acreditar que tudo isso aconteceu até hoje

Leave a Reply

Powered by WordPress. Designed by Woo Themes